Programa digital ajuda a perder peso através de mudanças comportamentais

Programa digital ajuda a perder peso através de mudanças comportamentais

Publicado em 12/11/2018 por Revista algomais às 16:55
Moodar propõe acompanhamento diário e individual. Mentores estimulam a adoção de hábitos saudáveis através dos pilares da alimentação, atividade física e cuidados com o emocional. Na foto, o especialista em terapia digital e sócio da startup Felipe Farias.

Diante do resultado de uma intensa pesquisa que avaliou as formas mais eficazes para o emagrecimento sem restrições alimentares, uma equipe interdisciplinar composta por especialistas nas áreas da nutrição, psicologia, medicina, educação física e tecnologia desenvolveu um programa de terapia digital, o Moodar, que tem ajudado os usuários a alcançarem o objetivo de perder peso através da aquisição de hábitos saudáveis, autoconhecimento e adaptação da rotina com o apoio diário de uma orientadora.

O programa foi criado pela startup Moodar, embarcada no Porto Digital do Recife, e tem como premissa a ideia de que para perder aqueles quilinhos prejudiciais à saúde é preciso ter autoconhecimento. Não é fórmula mágica, é uma conquista por meio do cuidado com o emocional, do entendimento sobre o funcionamento individual de seu metabolismo e, ainda, estar aberto a experimentar novas rotinas de vida, como mudança na alimentação, movimentar o corpo e equilibrar a mente. A receita é revelada de dentro para fora e o caminho é a leveza da transformação.

Combinando tecnologia avançada e ciência comportamental, a Moodar atua há pouco menos de dois anos em todo o Brasil e já faz um balanço positivo dos resultados. 76% das pessoas que adotaram o programa perderam peso de forma sustentável, 84% transformaram os hábitos alimentares e 80% aderiram a atividades físicas regulares. Um desejo em comum dos usuários que entram no programa é a busca por uma melhor qualidade de vida e uma das características que os une, por razões diversas, é a necessidade de um incentivo para o alcance desse objetivo. “As pessoas foram acostumadas a se restringir e a associar o sentimento de culpa ao prazer de comer o que não estava previsto. Essa sensação, por sua vez, vira inquietação e ansiedade, levando a maioria das pessoas a se frustrar nas tentativas de perda de peso. Nós substituímos restrição por relacionamento: um para um”, comenta Felipe Farias, cofundador do programa.

O empresário João Tinoco, 25 anos, foi um dos participantes da turma finalizada em outubro. Com uma rotina puxada, composta pelo trabalho e mestrado, o jovem conta que “antes só se sentia ele mesmo quando comia algo que gostava, mas sempre ficava com aquela culpa por ter se alimentado de algo não tão saudável”. Com o suporte do programa e da mentora, ele conseguiu se redescobrir e trocar a ansiedade pela prática de atividades que o satisfaziam, mas estavam esquecidas. “Lembrei que gostava de tocar violão e fui incentivado a fazer isso pelo menos uma vez por semana, sempre me desafiando a cada música. Após um tempo, voltei a fazer natação não por obrigação, mas por prazer”, relata Tinoco.

O programa Moodar propõe o desafio de em quatro meses o usuário atingir os resultados do emagrecimento através da reeducação alimentar, do equilíbrio psicológico e de atividades físicas, porém sem proibições ou obrigações. O programa oferece diversas plataformas de comunicação com o participante. Ao se cadastrar no site da Moodar (http://moodar.com.br), interessado passa a ter acesso a um aplicativo, já disponível para IOS e Android, através do qual ele terá acesso a um orientador que acompanha sua rotina e, com o apoio de recursos tecnológicos, avalia quando deve intervir com sugestões, provocações e dicas que possam contribuir para o alcance das metas.

O suporte da equipe Moodar é constante e o usuário nunca se sente sozinho. Durante as 16 semanas do programa, uma mentora especialista em saúde e bem-estar acompanha de perto a evolução de cada um, fazendo ligações semanais e trocando mensagens diárias para orientações, suporte emocional e motivações comportamentais. O usuário também participa de um grupo virtual para a troca de experiências e incentivos coletivos em uma turma de até 14 pessoas cadastradas no programa e com perfis semelhantes. No dia a dia, são construídas metas palpáveis com o apoio da mentora e incentivos para coloca-las em prática.

O usuário passa a conhecer as suas próprias estratégias para mudar hábitos e perder peso, recebendo conteúdos e receitas periodicamente. “Atitudes simples com repetições podem mudar hábitos alimentares e de atividade física. Por exemplo, a maneira como você come um brigadeiro pode determinar se você vai ter vontade de comer um ou três, simplesmente, pelo nível de apreciação do momento. Também com simplicidade, é possível ativar o dia e deixar de lado o sedentarismo praticando mais atividades físicas intuitiva e repetidamente, como substituir os elevadores pelas escadas”. — Bárbara, Chefe de Orientação

De acordo com Felipe Farias, especialista em terapia digital, a ideia para o Moodar surgiu após um amplo estudo feito pela equipe de sócios do projeto, onde foi constatado que nove entre dez pessoas abandonavam os tratamentos para perda de peso. Ainda segundo ele, as causas para a desistência são variadas, estando relacionadas, inclusive, às dificuldades emocionais e contextuais, o que acabam por gerar a ansiedade.

A partir da percepção, os sócios formaram uma equipe multidisciplinar de saúde e tecnologia para desenvolver um programa, cujo objetivo principal foi a busca por uma alternativa de terapia que possibilitasse a melhora da qualidade de vida, diminuindo o estresse e a ansiedade e introduzindo hábitos mais saudáveis no dia a dia dos participantes. “O nosso objetivo é tornar a vida saudável mais acessível do que uma vida não saudável. Para isso, estamos sempre em busca de tornar o nosso acompanhamento cada vez mais próximo e eficaz. Também estamos estudando um caminho para permitir que as pessoas economizem sendo saudáveis”, relata Felipe

Serviço:

Site: www.moodar.com.br

Valor: R$ 90 mensal

Período: 16 semanas

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »