Cólicas renais aumentam em 30% no verão

Cólicas renais aumentam em 30% no verão

Publicado em 20/01/2021 por Revista algomais às 5:00
Urologista explica que fatores como alimentação e hidratação estão relacionadas ao índice

No verão, as pessoas transpiram mais e nem sempre costumam repor o líquido perdido. Essa hidratação comprometida pode resultar em crises de cólicas renais, já que no período mais quente do ano o número de casos cresce em 30%. Especialista dá dicas de como aproveitar o calor de forma saudável, minimizando riscos que possam interferir no bom funcionamento corporal.

Fica sob a responsabilidade do rim a manutenção hídrica do corpo, com um trabalho árduo, pois existe apenas uma via de hidratação, a boca, e muitas saídas de água: urina, transpiração e fala, por exemplo. O urologista Dimas Antunes explica que no calor essas perdas são maiores e se a hidratação fica defasada, o rim passa a trabalhar menos, dando chance ao surgimento dos cálculos. Em relação ao tipo de bebida, ele dá a dica: “como líquido, entendemos não só água, mas também isotônicos, água de coco, sucos cítricos, que, além de hidratar, possuem citrato, importante para evitar a formação do cálcio na urina”, explica e ressalta que o ideal é ingerir o suficiente para urinar 30 ml por kg de peso.

O médico reforça ainda que alimentar-se mal, com muito sódio, embutidos e excesso de carne vermelha, também colabora para a formação dos cálculos. “Uma alimentação equilibrada, reduzindo o consumo de gorduras e industrializados, é sempre aconselhada para o período”, pontua. E para quem tem o mau hábito de prender a urina por muito tempo, Dimas esclarece que comete um grande erro. “A urina acumulada na bexiga pode agravar disfunções miccionais, aumentar a recorrência de infecções urinárias, além de causar refluxo no rim, que o impede de trabalhar de forma correta, levando à formação de pedras.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »