Carnaval é época de alegria, de tirar a fantasia do armário e caprichar na maquiagem. Quem vai aproveitar as prévias e .."> Carnaval é época de alegria, de tirar a fantasia do armário e caprichar na maquiagem. Quem vai aproveitar as prévias e .."> Conjuntivite pode ser a grande vilã do carnaval - Algomais
Conjuntivite pode ser a grande vilã do carnaval

Conjuntivite pode ser a grande vilã do carnaval

Publicado em 12/02/2019 por Revista algomais às 10:06

Carnaval é época de alegria, de tirar a fantasia do armário e caprichar na maquiagem. Quem vai aproveitar as prévias e os dias da folia deve ficar atento a alguns cuidados para evitar doenças oculares comuns nesta época do ano.

Entre as de maior incidência no período está a conjuntivite, que é uma inflamação da conjuntiva, membrana que reveste o interior das pálpebras e a parte da frente do globo ocular. Geralmente, a doença acomete os dois olhos, dura entre uma semana e 15 dias, e costuma não deixar sequelas.

Os sintomas são bem claros: olhos vermelhos, ardência, inchaço e lacrimejamento.

A conjuntivite pode ser viral ou bacteriana, sendo as virais mais frequentes em caso de epidemia. A contaminação do olho ocorre por contato com mãos infectadas, compartilhamento de toalhas de rosto e cosméticos, além do uso prolongado de lentes de contato.

Portanto, é importante não compartilhar maquiagem como rímel, lápis, delineador e sombra e lavar sempre as mãos.

Deve-se evitar locais muito abafados e de grande aglomeração. Além disso, recomenda-se que, a qualquer sinal da doença, um profissional especializado deve ser consultado imediatamente. Com esses cuidados, o folião poderá aproveitar o carnaval com tranquilidade.

No ano passado, Pernambuco passou por um surto de conjuntivite. De acordo com a Fundação Altino Aventura, entre janeiro e maio, foram constatados pela instituição 37.047 casos de conjuntivite viral.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »
  • Ricardo C Montenegro

    Parabéns pela matéria, mas apenas pra ficar mais defina a linha do tempo: Sebrae e Senai estão em Caruaru há mais de vinte anos, a partir de 2001 a cidade viveu um boom de cursos superiores, o Armazém da Criatividade foi instalado há mais de cinco anos, além do mais o país de Caruaru sempre recebeu “estrangeiros”, como dizia um grande empresário da cidade Dr. Galvão, da Livraria Estudantil “Caruaru é uma terra de forasteiros” no sentido que Caruaru sempre acolheu quem vinha empreender por aqui.