Saiba mais sobre a insuficiência cardíaca

Saiba mais sobre a insuficiência cardíaca

Publicado em 09/07/2020 por Revista algomais às 5:00
Hoje (09) é o Dia Nacional de Alerta Contra a Insuficiência Cardíaca

A Insuficiência Cardíaca (IC) é uma doença crônica com índices de mortalidade maiores que a maioria dos cânceres. Apesar disso, ela não é encarada dessa forma. Um diagnóstico de insuficiência cardíaca costuma gerar menos preocupação que um de câncer. Por isso, a Sociedade Brasileira de Cardiologia em Pernambuco (SBC-PE) está promovendo um evento neste mês de julho para ampliar o alcance do debate sobre essa doença e outras comorbidades que se relacionam com ela. O 1º Simpósio Virtual Pernambucano de Insuficiência Cardíaca e Cardiomiopatias é totalmente online e gratuito e tem como público alvo estudantes e profissionais de saúde.

A IC é caracterizada por uma incapacidade do coração em bombear o sangue para todo o corpo como deveria. Podendo ser ocasionado por diversos fatores, a doença tem como principais sintomas fraqueza, indisposição, batimentos cardíacos acelerados, dores no peito, tosse com secreções, tontura, falta de ar em pequenos esforços e retenção de líquido (geralmente nas pernas e no pulmão). De acordo com a Organização Mundial de Saúde, mais de 23 milhões de pessoas sofrem com quadros de IC em todo o mundo. No Brasil, 100 mil novos casos são diagnosticados por ano.

De acordo com o coordenador do Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC) da SBC-PE, o dr. Carlos Eduardo Montenegro, a doença tem um tratamento eficaz. “Por ter um tratamento bastante acessível, disponível inclusive no SUS, é comum que haja um relaxamento dos pacientes em relação à insuficiência cardíaca, deixando o tratamento de lado, demorando para fazê-lo. A ideia deste dia 9 é alertar para os riscos nessa falta de compromisso e atenção”, pontua. A gravidade de cada caso deve ser avaliada por um cardiologista para definir o melhor tratamento, que pode ser a limitação da quantidade de ingestão de sal e de líquidos ou até mesmo o uso de medicações cardiológicas. Em alguns casos, pode ser necessário o implante de marca-passo. Em outros, mais graves, somente o transplante de coração pode solucionar o problema.

Nesse sentido, a SBC-PE promove o 1º Simpósio Virtual Pernambucano de Insuficiência Cardíaca e Cardiomiopatias, que é realizado em todas as quintas-feiras de julho, tendo começado na semana passada, no dia 2, e indo até o dia 30. O objetivo do evento é, além de transmitir informações de qualidade para profissionais e estudantes de saúde acerca do tema, alertar sobre a Insuficiência Cardíaca e os riscos relacionados a ela, seja durante a pandemia ou depois.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »