Sem glúten, sem lactose e gostoso

Sem glúten, sem lactose e gostoso

Publicado em 19/10/2017 por Revista algomais às 8:59

Imagine poder encontrar num só lugar serviços de padaria, restaurante e mercado com o conceito de comida saudável e, sobretudo, com produtos sem glúten e sem lactose. Há mais de dois anos, o recifense tem acesso a essa combinação com a chegada do Greenmix, onde é possível fazer desde lanches simples a uma refeição mais gourmet.

Ricardo Canella, um dos proprietários da casa, conta que a ideia de abrir o negócio surgiu da sua própria demanda de encontrar um local na cidade que oferecesse um varejo com produtos saudáveis de qualidade. “Na minha família, sempre trazíamos alimentos importados porque não conseguíamos encontrá-los aqui”, justifica Canella. O empresário, que já tinha vontade de trabalhar em família, montou o empreendimento juntamente com as filhas, Rafaela Dias e Mariana Dias, e o genro Luciano Pontes.

Com duas lojas na capital pernambucana, o negócio surpreende pelo tamanho. A unidade de Boa viagem, por exemplo, possui uma área de 1.500 m². O projeto arquitetônico, idealizado por Humberto Zirpoli, oferece um clima bem agradável, para os que apreciam o estilo slow food. “As nutricionistas geralmente falam que aqui é a Disney da nutrição”, brinca Canella.

A seção de mercado possui cerca de 8 mil itens distribuídos entre a área de granel (milho de pipoca, polvilho, ervilha, granola e linhaça, entre outros produtos), temperos, biscoitos, snacks, hortifrúti de cultivos orgânicos e hidropônicos da região, além de suplementos alimentares. Entre as opções ofertadas na padaria estão pães, bolos, salgados, pizzas e alimentos gelados e congelados, como a coxinha de batata doce com frango. Tudo sem glúten nem lactose. O mesmo ocorre no restaurante, cujas delícias são adaptadas para cada horário do dia. São preparados pratos no café da manhã, almoço, lanche e jantar.

Toda semana o cliente também é surpreendido com a “sugestão da vez” no cardápio. Mas o Filé à Parmegiana, empanado com farinha funcional, que vem acompanhado com batata doce rústica, por R$ 42, é o mais solicitado. Já a sobremesa de maior sucesso é o Waffle com brigadeiro de whey e sorvete de abacate, que custa a partir de R$ 15,90. Para acompanhar a refeição estão disponíveis bebidas quentes, frias, águas saborisadas e chás gelados.

Filé à parmegiana com batata rústica é um dos pratos mais pedidos.

Há opções tanto para veganos e vegetarianos, quanto para pessoas que só querem uma alimentação saudável. “Não utilizamos nada industrializado e processado. Nossos temperos são todos naturais e frescos”, assegura a sócia e chef Mariana Dias. Eles também aposentaram a frigideira para oferecer alimentos livres de gorduras. “Não produzimos pratos com fritura”, garante Mariana. Quanto ao sal, utilizam somente o necessário para temperar a comida. Já para as sobremesas, são oferecidas opções sem açúcar. “Utilizamos adoçantes naturais, nada processado ou industrializado”, destaca a sócia. Os sucos são naturais e o açaí não contém guaraná e xarope de glicose.

Como o menu é totalmente preparado sem lactose ou glúten, pessoas alérgicas também podem se alimentar sem medo de ser feliz. “Levamos muito tempo para desenvolver esse cardápio de uma forma gastronômica e gostosa”, ressalta Mariana. “Oferecemos uma massa saborosa, usando farinhas integrais, farinhas funcionais e ricas em fibras. Procuramos fazer, na verdade, uma alquimia na cozinha para chegar ao sabor e à textura mais perto possível do que as pessoas estão acostumadas”, acrescenta.

A chef ainda ressalta que a casa utiliza técnicas diversas para manter o local livre de contaminação. “Não permitimos a entrada de alimentos com glúten em nossa cozinha. Fazemos sempre a higienização adequada dos equipamentos, utensílios e fardamentos. Além disso, usamos um teste, que importamos, para identificação da presença do glúten sempre que recebemos um novo ingrediente para a produção. Esse cuidado é indispensável para oferecer alimentação saudável e segura para os nossos clientes”, reforça.

Segundo Ricardo Canella a demanda tem sido crescente a ponto de planejarem a ampliação do restaurante de Boa Viagem que vai dobrar de tamanho. “A procura é tão grande que na hora do almoço as pessoas fazem até fila”, comemora.

No mês passado, o Greenmix também chegou à Zona Norte, no bairro das Graças, no Casarão Toyolex, onde passa a oferecer a mesma estrutura que mantém em Boa Viagem, com 1.000 m². Futuramente eles pensam em funcionar aos domingos.

Em agosto os sócios do Greenmix inauguraram uma fábrica, no mesmo terreno da loja em Boa Viagem, e ampliaram a linha de congelados pré-prontos, com 49 itens entre proteínas, carboidratos e legumes. “O cliente pode levar o produto e montar o seu prato em casa. Ele esquenta no micro-ondas, em cerca de dois a três minutos ou no banho-maria, em torno de oito minutos, e o sabor continua o mesmo”, garante a chef Mariana Dias.

Serviço: Greenmix: Av. Conselheiro Aguiar, 1044 – Boa Viagem, (81) 3198-7250 e Av. Rui Barbosa, Casarão Toyolex, (81) 3204-7299. Funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 20h.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »
  • JJ SCastro

    sugestão : coloquem no final dessas matérias o endereço dos locais