ABRH-PE abre inscrições para o seu Prêmio Ser Humano Paulo Freire
Rafael Dantas

ABRH-PE abre inscrições para o seu Prêmio Ser Humano Paulo Freire

Publicado em 03/09/2019 por Revista algomais às 16:06

A ABRH-PE (Associação Brasileira de Recursos Humanos de Pernambuco) está com inscrições abertas para o Prêmio Ser Humano Paulo Freire, que tem como objetivo divulgar e premiar histórias nas áreas de Gestão de Pessoas, Acadêmica e Terceiro Setor que contribuam efetivamente para a gestão e o desenvolvimento das pessoas no ambiente de trabalho.

As modalidades desse ano são: Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social/Empresa; Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social/Organização do Terceiro Setor; Gestão de Pessoas/ Acadêmica voltado para trabalhos de caráter técnico ou científico produzidos por alunos de graduação ou pós-graduação de qualquer área relacionada à gestão de pessoas; e Gestão de Pessoas/Profissional.

O regulamento da premiação está na fanpage da associação (https://www.facebook.com/ABRHPE/) e o envio de projetos, pesquisas e trabalhos acadêmicos, além de histórias de boas práticas profissionais e empresariais (privadas e públicas) deverá ser feito do dia 02 ao dia 30 de setembro através do e-mail abrhpe@abrhpe.com.br.

“A proposta do prêmio é ajudar as pessoas a contarem suas histórias, aquilo que elas fazem nas organizações. Percebemos que no dia a dia das empresas há muitas boas práticas na área de gestão de pessoas, porém elas nem sempre se dão conta da importância disso. Por entrar na rotina, as pessoas não costumam dar muito destaque para essas boas histórias. Mas, elas podem interessar muito para que outras pessoas e até mesmo empresas saibam o que está acontecendo e tomem tal atitude como referência para utilizarem também. Individualmente, o profissional que recebe um prêmio, como o Ser Humano Paulo Freire, pode usar isso a seu favor, visto que é uma referência daquele trabalho e da sua atuação positiva dentro da organização. Então, o grande diferencial desse prêmio é a categorização da prática. As pessoas escrevem aquilo que elas vivenciam, o que estudam e o que implementam. E, isso, faz um grande diferencial. Acreditamos que esse prêmio ajuda a mostrar o que os profissionais e organizações têm feito para o desenvolvimento de pessoas, que é a nossa missão”, afirma a presidente da ABHR-PE, Ana Karla Cantarelli.

Os vencedores terão ainda a oportunidade de concorrer ao Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia da ABRH-Brasil que existe há 26 anos, valoriza e premia as melhores iniciativas dedicadas ao desenvolvimento de pessoas dentro e fora das organizações.

 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »