Agreste Tex 2020 terá espaço para startups do setor têxtil e de confecção
Rafael Dantas

Agreste Tex 2020 terá espaço para startups do setor têxtil e de confecção

Publicado em 12/02/2020 por Revista algomais às 16:38
Empresas que desejam participar da feira podem inscrever-se até 22 de fevereiro. Tyane Nascimento, da Molde.me, participará do evento.

No caminho da evolução dos novos modelos de negócios, o Febratex Group inclui na programação da Agreste Tex 2020, feira voltada para a indústria de confecção e têxtil, em Caruaru, um espaço exclusivo para startups. Com realização dos dias 24 a 27 de março, no Polo Caruaru, o evento apresenta o Startup Corner, voltado a conectar pessoas e empresas que realizam negócios e promovem o crescimento do segmento. Oito empresas já foram escolhidas para ocupar o espaço, mas ainda é possível inscrever-se para a seleção pelo site www.agrestetex.com.br até 22 de fevereiro.

De acordo com a diretora-executiva do Febratex Group, Giordana Madeira, a proposta é apresentar aos visitantes da Agreste Tex as soluções em serviços para a indústria têxtil, de confecção e varejo, desenvolvidas pelas startups de todo o Brasil. “A gente acredita que as startups são novos modelos de ideias e formas de gestão. Queremos promover essa interação entre visitantes e expositores. Acreditamos que é algo muito positivo e deve ser conhecido e servir de exemplo a todo o mercado em sua reinvenção”, diz a executiva.

Serão selecionadas para participar da Agreste Tex até 12 startups. Já garantiram vaga: Etiqueta Certa, Vende Moda, Coleção.Moda, Molde.me, Line Ateliê Criativo, Tá na Sulanca, Topti e a Encontre o Fabricante. As quatro primeiras estiveram presentes na primeira edição do Febratex Summit, ocorrida em agosto do ano passado, em Blumenau, Santa Catarina.
Alcines Neto e Edrio Carvalho, sócios da Vende Moda, levam para a Agreste Tex uma plataforma desenvolvida para a venda de roupas no atacado. Por meio do aplicativo, o lojista pode atender os clientes em um chat, receber os pedidos e gerenciar indicadores. Já os clientes podem realizar suas compras de forma mais organizada nessa ferramenta, que já conta com 14 marcas vinculadas.

Edrio Carvalho comemora a oportunidade de participar da Agreste Tex como uma grande janela de visibilidade para a empresa, que está no mercado há pouco mais de dois anos. “Nossa meta é ser a principal plataforma de vendas de roupas no atacado do Brasil. A Agreste Tex é uma das feiras mais importantes do País e a visibilidade que ela oferece ajuda as melhores empresas do mercado a se posicionarem como líderes”, afirma.

Outra pré-selecionada do Startup Corner, a Molde.me, tem entre as criadoras Tyane Nascimento. A desenvolvedora criou a ferramenta para auxiliar modelistas e confecções a criarem melhor os seus moldes, fazer parte do encaixe automático e economizar tecido e tempo dentro da confecção. “A ideia surgiu através da necessidade desses profissionais, que precisavam contar com um auxílio. Trabalho há 13 anos na área têxtil e presenciei de perto a dificuldade em achar um software de modelagem que trouxesse solução para as micro e pequenas empresas e que fosse fácil de usar”, explica Tyane.

AGRESTE TEX 2020
Voltada a atender as necessidades do Polo de Confecções do Agreste, o evento tem a expectativa de gerar mais de R$ 300 milhões em negócios, um acréscimo de 20% em comparação com a edição anterior. Em relação à visitação, os organizadores estimam que a próxima edição irá superar as mais de cinco mil pessoas registradas em 2019. A feira tem a promoção do Febratex Group e realização da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru – Acic.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »