O bom começo do Sport no Campeonato Brasileiro deu a falsa impressão de que o club.."> O bom começo do Sport no Campeonato Brasileiro deu a falsa impressão de que o club.."> Briga do Sport é contra a queda - Algomais
Briga do Sport é contra a queda
Houldine Nascimento

Briga do Sport é contra a queda

Publicado em 06/08/2018 por Revista algomais às 11:58
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Por Houldine Nascimento

O bom começo do Sport no Campeonato Brasileiro deu a falsa impressão de que o clube faria uma competição sem sustos, mas a realidade veio à tona após a pausa da Copa do Mundo. O técnico Claudinei Oliveira teve bastante tempo para aprimorar o trabalho junto aos seus comandados, mas a sensação de quem assiste a um jogo do time pernambucano é a de total desarranjo.

Contra a Chapecoense, nesse domingo (5), o Sport abusou das bolas alçadas na área. Segundo o site Footstats, foram 40 cruzamentos e apenas 12 certos. Isso comprova a falta de preparo dos jogadores para quebrar a marcação de um adversário notoriamente frágil, que, assim como o Leão pernambucano, luta contra o rebaixamento.

No único lance efetivo no primeiro tempo, a Chape abriu o placar com Wellington Paulista logo aos 13 minutos, numa falha de marcação do sistema defensivo do Sport, envolvendo Deivid, Ernando e Ronaldo Alves, que não reúne condição de estar entre os titulares. A posse de bola rubro-negra foi de 61%, revelando um falso domínio. Sem efetividade,  o time apresenta um futebol letárgico.

De tanto levantar bola na área, o Sport arrumou um gol na bacia das almas com o centroavante Carlos Henrique já nos acréscimos, evitando a derrota e a demissão de Claudinei. A próxima partida do Leão é contra o líder São Paulo, no domingo (12), na Ilha do Retiro. O confronto vai proporcionar o reencontro de Diego Souza com a torcida rubro-negra. Qualquer provável revés do Sport acarretará a saída do técnico.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »