Celebre o Dia Internacional do Gamer!
Breno Carvalho

Celebre o Dia Internacional do Gamer!

Publicado em 29/08/2019 por Revista algomais às 5:56
Cena clássica do jogo Space Invaders para celebra o Dia Internacional do Gamer. Criação de MasterTux no Pixabay

Nunca foi tão bom, ou melhor, extrapower, o cenário para nós nerds, geeks e gamers, pois a quantidade de mídias abordando o assunto, seja ele games, quadrinhos, super-heróis, tecnologia, filmes de ficção e séries, tem crescido ao longo dos anos pós milênio. Inclusive, essa perspectiva de falar sobre esses temas motivou um convite a mim para montar uma coluna na revista online Algomais.com.

Pois é meu amigo, minha amiga, você que tomou a red pill vai poder conversar conosco e refletir, comentar e até apresentar o nosso pensamento nerd, seja sobre o rumos de alguns heróis nas telonas, do projeto de novos consoles, do game dos vingadores, do universo da Matrix, de produções brasileiras e recifenses seja em quadrinho e em games, sim, aqui iremos divulgar nossa produção 🙂 .

Arte inspirada no jogo Punch-out. Criação de Erick Bruno

E para começo de conversa, hoje devemos celebrar nosso dia, o Dia Internacional do Gamer. Sei que ele demorou muito a ser criado, pois os jogos já faziam sucesso na década de 70, mas foi uma inquietude de um grupo de revistas europeias especializadas em games que resolveu criar a data, em 29 de agosto de 2008, para homenagear esse público jogador, seja em consoles, celulares, PC’s ou de tabuleiro.

E não estamos falando de poucos mortais, aliás, conforme pesquisa encomendada pela Brasil Game Show (BGS) este ano, os resultados mostraram que 93% dos entrevistados jogam mensalmente na internet, e 44% jogam todos os dias. Falamos de 75 milhões de jogadores no País, adoradores de jogos, que se emocionam ao avançar em cada fase, com as narrativas e jogabilidades de cada game, ou melhor, quem nunca se empolgou ao gritar Hadoukennnn!!!

Pensando em nosso dia, vamos sugerir nove jogos para você comemorar, são eles:

Marvel’s Spider-man – com tanta polêmica sobre o futuro do herói nas telonas, nada mais interessante reviver o teioso no game, principalmente as três DLCs, em que uma delas você tem uma cena do amigo da vizinhança com o Miles Morales que é show 🙂

Pacman – Não poderia faltar este jogo que faz sucesso desde a década de 1980, quando as meninas davam um banho em destreza nos arcades. Pra curtir rapidinho, você pode digitar “doodle pacman” em seu navegador e curtir a mutação jogável da Google criada em 2010, muito show.

Arte inspirada no jogo The Last of Us. Criação de Vitor Omena

Batman: Arkham Knight – Não poderia faltar o Cavaleiro das Trevas, que completou em maio 80 anos de sua jornada contra o crime em Gotham City e em alguns outros lugares, a exemplo do espaço, kkk. O game permite você usar o Batmóvel em algumas missões, além de você colocar trajes lendários do personagem. E a jogabilidade, oxe, pense numa coisa extrapower!

Brawl Stars – Se você curte jogos para smartphones, esse é bem bacana, pois você pode jogar sozinho ou com amigos em batalhas que parecem a velha barra-bandeira, eita fui longe, kkk. Além de melhorar seus personagens, você vai curtir muito a trilha musical e efeitos sonoros.

Just Dance – Se você curte música e gosta de dançar, este é um game divertido para toda a família e grupo de amigos. Com os principais hits musicais, alguns eu nem conheço, kkk, vários fãs deste estilo de game mostram seu talento em competições ao redor do mundo.

Tengami – Se você é fissurado na cultura oriental, este jogo para smartphone é extrapower, seja pela estética visual ou pela jogabilidade, pois você precisa pensar no conceito de origami para avançar nas fases. Eita jogo bom da gota!!

VVVVVV – Pois é, este é o nome do jogo plataforma 2D, criado por Terry Cavanagh. O bacana é que o jogador não pula, pois precisa pensar como se movimentar numa gravidade invertida. Este tipo de recurso foi apresentado pela primeira vez no jogo Terminus (8 bits) em 1986.

Celeste – Diretamente das terras tupiniquins, o jogo de plataforma 2D é um projeto independente do estúdio Miniboss, São Paulo, em que o jogador precisa ter bastante agilidade e reflexos. O interessante no jogo é ele abordar em sua história a reflexão sobre temas como ansiedade e depressão. Além disso, o visual com estética em pixel art é extrapower.

O Cordel da Gaita – E pra fechar a lista, pense, mas pense num jogo do Pipoco de Zion!!!! Produzido por uma galera arretada da cidade de Recife e Moreno, o jogo apresenta uma jogabilidade diferenciada, pois o jogador precisa tocar gaita para progredir, então é recomendado colocar o fone de ouvido ou aumentar o volume dos caixas de som para se divertir. Além disso, a narrativa e a estética visual é inspirada na nossa cultura nordestina. Sensacional. E o melhor, o jogo está entre os finalistas da Gamejolt, então acesse o link, jogue e vote 🙂

Pois bem pessoal, sei que tem inúmeros outros games a serem falados aqui, mas tenho que ir celebra o dia também, afinal, ter momentos marcantes e divertidos faz bem pro corpo e pra mente. Mama Mia!!

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »
  • Fernando Sá Leitão

    Show de artigo! Parabéns!

  • Guilherme Costa

    Top das galáxias!!