15 clipes musicais inspirados no universo dos quadrinhos
Eduardo Martins

15 clipes musicais inspirados no universo dos quadrinhos

Publicado em 25/05/2020 por Algomais às 20:27
Novo clipe do rapper Emicida é baseado no clássico Dragon Ball, de Akira Toriyama. (Foto: DIvulgação)

O que o clipe da música “Civilized Hell”, do artista folk norte-americano Lukas Nelson e de “Quem tem um Amigo tem Tudo”, do rapper brasileiro Emicida, têm em comum? Além de terem sido lançados recentemente, ambos estão recheados de referências diretas ao universo dos quadrinhos.

De um lado, a clássica sequência em tiras de “Uma pequena história da América”, lançada em 1979 pelo cultuado quadrinista Robert Crumb, ganha vida para retratar a transformação urbana e a subsequente deterioração dos Estados Unidos. Do outro, o mangaká Akira Toriyama e a sua maior invenção, o Dragon Ball, são referenciados de um jeitinho, digamos, bem brasileiro.

Já não é nenhuma novidade que Hollywood anda de mãos dadas com a indústria dos quadrinhos. Os 23 filmes do “Universo Cinematográfico Marvel” já arrecadaram mais de 21.1 bilhões de dólares em todo o mundo, tornando-se a franquia de maior bilheteria de todos os tempos.

Mas e no campo da música? Quais são os artistas e bandas que tem seus clipes influenciados pela nona arte? É isso que vamos descobrir na coluna Gibitown desta semana. A intenção era fazer uma lista mais curta, com 5 a 10 clipes. Mas, quando a pesquisa começou, ficou difícil escolher tamanho o número de opções que encontrei com esta temática. Então, vamos a lista? Aperta o play!

01) A-ha – Take on Me

O primeiro da lista não poderia deixar de ser o vídeo de “Take On Me”. Lançado em 1984, o clipe é o primeiro com a temática quadrinhos. Conquistou 06 prêmios no MTV Music Awards de 1986, incluindo “Melhor Artista Novo” e “Melhor Direção”. Tudo começa com uma corrida de motos em um plano de arte sequencial feito a lápis. Em seguida, corta para uma cena em um Café, onde uma jovem ler o quadrinho em questão. A partir daí, a mocinha é absorvida para dentro das páginas da HQ, tornando parte da história, onde quadrinhos e realidade misturam-se para criar um final digno dos clássicos filmes românticos juvenis dos anos 80.

02) The Alan Parsons Project – Don’t Answer me

A música “Don’t Answer me”, do álbum Ammonia Avenue (1984), foi o primeiro clipe da banda e logo de cara, eles produziram uma animação espetacular. O quadrinista Michael Kaluta ficou responsável pelos quadros do clipe, que tem seu protagonista inspirado no detetive Dick Tracy, clássico noir criado em 1931 pelo cartunista Chester Gould. Dirigido por Peter Rosenthal, que também é responsável pelo clipe de Madonna “Who’s That Girl”, o clipe foi considerado bastante caro para os padrões da época, exigindo cerca de 40 profissionais de animação, em sua maioria, para finalizá-lo.

03) U2 – Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me

E se o vocalista da banda U2, Bono, fosse o Batman? No clipe, a banda aparece tocando em plena Gotham City, intercalando com imagens do filme Batman Eternamente, de 1995. A película é um verdadeiro pastelão e fica entre as piores adaptações do morcego, mas isso não impediu que a música alcançasse a posição número #1 da Billboard na Irlanda. A melhor cena é quando Bono é atingido por um carro dirigido por Elvis. Depois corta para ele amarrado a uma cama de hospital. Ele é atingido por um estranho raio, que o transforma em MacPhisto, personagem influenciado pelos quadrinhos, criado pela banda na época da turnê Zoo Tv.

04) Pearl Jam – Do the Evolution

O ano de 1998 trouxe dobradinha de clipes do astro dos quadrinhos da época, Todd McFarlane. O criador do Spawn, junto com outros 6 fantásticos quadrinistas, decidiu largar o emprego nas grandes editoras Marvel e DC, e criar a sua própria, a Image Comics. Os holofotes estavam em cima deles, que arrebentaram em vendas, esgotando a maioria dos lançamentos e criando enormes filas nos quarteirões das comics shops americanas. Com status de rockstar, nada mais conveniente para bandas como Korn e Pearl Jam, surfar essa onda e deixar a cargo de Todd McFarlane todo o processo criativo e direção dos clipes de “Freak on a Leash” e “Do the Evolution”. Este último, se tornou um verdadeiro hino do Pearl Jam, bastante influenciado por essa animação.

05) Korn – Freak On a Leash

Além do clipe, Todd McFarlane também fez a capa do terceiro álbum do Korn, Follow The Leader. No clipe da música “Freak On the Leash”, a arte sombria do artista combinou perfeitamente com o som pesado e angustiante do Nu-Metal, estilo musical onde a banda se tornou o principal expoente.

06) Jascha – Some Hungry Guy

O cineasta e cantor Jascha Hoffman criou a animação do clipe de “Some Hungry Guy” em cima de imagens retiradas da famosa tira de quadrinhos Little Nemo, de Winsor McCay, que teve sua primeira publicação em 1905. Toda fantasia e perigos enfrentados nas tirinhas foram fielmente harmonizados com a música. Uma surpreendente homenagem a essa obra clássica, que já entrou em domínio público.

07) Czarface & MF Doom – Bomb Thrown

O hip-hop sempre trouxe os quadrinhos para dentro de suas letras. Caso clássico é a junção do supergrupo Czarface com o rapper britânico MF Doom, que usa uma máscara inspirada no super-vilão da Marvel, o Doutor Destino. O cara nunca é visto sem ela, seja em apresentações ao vivo ou em fotos de divulgação. O clipe traduz tudo isso em uma atmosfera ambientada nos quadrinhos, através de técnicas de colagem, onomatopéias, heróis e vilões.

08) Eminen – Without Me

Uma paródia dos quadrinhos de super-heróis foi o mote para Eminem e Dr. Dre construir o cenário perfeito para o clipe de “Without Me”. Fantasiados de Batman e Robin, os “heróis” precisam impedir que uma criança coloque o CD “The Eminem Show” para tocar. Tudo por conta das letras explícitas e escrachadas. O vídeo ganhou vários prêmios no MTV Music Awards, entre eles o de melhor “Vídeo do Ano”.

09) Lukas Nelson – Civilized Hell

Lukas Nelson não só teve a permissão do quadrinista Robert Crumb para usar “Uma Pequena História da América”, como o próprio desenhista enviou para ele todos os 15 painéis da peça em alta resolução para serem utilizados no videoclipe. No refrão: “Espero que ela não morra em um inferno civilizado”, o quadro “Desastre ecológico” de Crumb, é a imagem perfeita para retratar a música folk-blues “Civilized Hell”.

10) Emicida – Quem tem um Amigo (tem Tudo)

O rapper brasileiro não esconde sua influência pelos quadrinhos, já explicita por ele em diversas entrevistas. Ele já tinha flertado com Tekkonkinkreet, quando fez referências ao mangá de Taiyō Matsumoto no  clipe de “Levanta e Anda”. Agora, Emicida ataca de Goku no clipe de “Quem tem amigo tem tudo”, junto com Zeca Pagodinho transformado em Mestre Kame. O grande baterista e compositor de samba Wilson das Neves (1936-2017) é o grande homenageado do vídeo, que ainda conta com a participação do grupo japonês Tokyo Ska Paradise. Emicida teve aprovação direta da produtora do criador do Dragon Ball, o mangaká Akira Toriyama.

Mais 5 clipes que não dava para deixar de citar:

11) Kanye West – Stronger

A paixão do rapper americano por Akira, do artista japonês Katsuhiro Otomo, resultou no clipe de “Stronger”. Roupas, acessórios, veículos e cenas completas podem ser comparadas com o mangá e também com o filme longa-metragem, em animação, lançado em 1988 e que fez Katsuhiro e sua obra serem reconhecidos mundialmente.

12) DJ Fresh VS Diplo – “Earthquake”

O vídeo dirigido por Jonas & François mostra a cantora Dominique liderando uma gangue de super-heróis em Nova York. As cenas de caos foram inspiradas no filme Kick Ass 2, franquia criada pelo escritor de quadrinhos Mark Millar.

13) 3 Doors Down – Kryptonite

Como essa música ainda não entrou na trilha sonora de algum filme do Superman? O clipe apresenta um velhinho, ora um herói de ação da TV, ora um super-herói da vida real. A música foi um sucesso absoluto, muito impulsionado pelo clipe, ficando na primeira posição por onze semanas consecutivas, na Billboard, na categoria “Músicas Alternativas”.

14) Coldplay – Hurts Like Heaven

Anunciado em 2012 na mais importante convenção de quadrinhos e cultura nerd do planeta, a San Diego Comic-Con, o clipe baseado em quadrinhos mostra heróis e vilões em uma batalha futurista em um mundo distópico cheio de neon e luzes fluorescentes, marca registrada do álbum de 2011, o Mylo Xyloto.

15) Soundgarden – Black Rain

Para finalizar, nada melhor que Soundgarden, uma das minhas bandas favoritas . O clipe da música Black Rain foi o primeiro do Soundgarden em mais de uma década de hiato. Ele foi dirigido por Brendon Small, que é o criador da série Metalocalypse, outra grande referência que une quadrinhos, música e animação.

 


Sobre a Gibitown – Parafraseando Chico Science, a cidade do mangue ergueu uma nova e assim surge a Cidade do Gibi. O assunto aqui é quadrinhos. Marvel, DC, Image, editoras nacionais, quadrinhos independentes. Do clássico ao contemporâneo, vamos trazer o que existe de melhor no universo da nona arte em Pernambuco, no Brasil e ao redor do mundo. Sem distinção. A coluna é escrita pelo empresário e jornalista pernambucano Eduardo Martins.  Para envio de materiais, sugestões e críticas, mande e-mail para edmartins@gmail.com 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »