Fábrica de queijo de ovelha Dipotenza Latteria inaugura em Pombos
Rafael Dantas

Fábrica de queijo de ovelha Dipotenza Latteria inaugura em Pombos

Publicado em 19/02/2021 por Revista algomais às 4:20
O empreendimento almeja distribuir os produtos para todo Brasil em menos de um ano de funcionamento

Fundada por um pernambucano, o diretor executivo Nicola Pedulla Neto, mas com uma pitada italiana por conta da descendência da família, a fábrica de queijos de ovelha Dipotenza Latteria foi inaugurada no município de Pombo. A empresa é pioneira no segmento de produtos derivados de ovelhas no Norte e Nordeste, está instalada no município de Pombos, na BR-232 KM 54.

Atualmente, a fábrica produz 50 litros de leite de ovelha por dia e contará com produção de tipos de queijos diferentes, são eles: Pecorino, Tomme de Brebies e Boursin. Além disso, a fábrica também irá oferecer quatro tipos de queijos de vaca, o Coalho Pasteurizado Tipo A, Minas Padrão, Minas Frescal, Parmesão. A Dipotenza também fabrica outros produtos laticínios derivados da ovelha. São cinco tipos de iogurte, em pote de 140g, com leite de ovelha nos sabores: Tradicional com Açúcar, Natural, Morango, Ameixa e Amora. Ainda no rol dos produtos a serem lançados pela marca estão a Ricota de leite de ovelha e também de vaca e o Doce de Leite de leite de ovelha.

Ao todo são 250 ovelhas da raça Lacaune, que chegam a produzir, em média, 1,5 litro por dia. “Estamos iniciando nossas operações agora, mas esse projeto estava sendo pensado e desenhado por nós há três anos. Por isso a estrutura já é de uma grande fábrica, atendendo aos mais rígidos protocolos. Fizemos tudo com toda cautela para entregar um produto premium ao mercado”, explica Nicola. A Dipotenza Latteria já possui o selo estadual para comercialização e fabricação do produto.

 

Nicolla Pedulla Neto é o diretor da empresa.

 

O nome da marca é uma homenagem ao bisavô do diretor, também chamado Nicola Pedulla, um italiano que morava na região de Potenza, localizada na Itália, que acabou vindo fixar moradia no Brasil para fugir da 1ª Guerra Mundial.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »