Ilha do Retiro vai estar cheia para o Sport sair da zona do rebaixamento
Houldine Nascimento

Ilha do Retiro vai estar cheia para o Sport sair da zona do rebaixamento

Publicado em 05/11/2018 por Revista algomais às 9:18

*Por Houldine Nascimento

No complemento da 32ª rodada, o Sport recebe o Ceará logo mais, às 19h (horário do Recife), na Ilha do Retiro, e depende apenas de si para sair da zona do rebaixamento. Desde a 21ª rodada, o clube pernambucano está entre os quatro últimos no Campeonato Brasileiro. Um fator positivo para ajudar o Leão nessa missão é a forte presença da torcida rubro-negra. Mais de 20 mil ingressos haviam sido vendidos até a manhã de domingo (4).

Milton Mendes conseguiu ajustar o time, além de mexer com o emocional dos atletas. Curiosamente, quando seu nome era cogitado para assumir o comando técnico do Sport, havia resistência por parte de alguns dirigentes. Apesar dos diversos problemas nos bastidores do Rubro-negro, Mendes demonstrou habilidade e poder de convencimento para que os jogadores se fechassem em prol da permanência do Leão na Série A.

Há algumas rodadas, sobretudo antes de sua chegada, a postura do elenco em campo era apática a ponto de ser inimaginável que o Sport demonstrasse qualquer reação para evitar uma iminente queda que se desenhava a cada jornada. Para que isso fosse possível, houve um encaixe no sistema defensivo com as presenças dos volantes Jair e Marcão, além da titularidade do jovem Adryelson na zaga.

O Sport ainda ostenta a condição de pior defesa do campeonato (já tomou 53 gols), mas aos poucos vai melhorando e, nas últimas partidas, mostrou capacidade para reagir conforme o panorama. Foi assim contra o vice-líder Inter, quando virou o jogo, diante do Vasco, ambos na Ilha, e quando enfrentou o Grêmio fora de casa. No setor ofensivo, Mateus Gonçalves foi o grande achado.

Para sair da famigerada Z-R hoje à noite, basta um empate com gols. Contudo, a vitória se faz essencial por toda atmosfera que ronda o confronto e a própria situação do Sport no Brasileiro. Trata-se de um adversário direto na briga contra o descenso, num clássico regional e com torcida a favor. A recuperação rubro-negra só se mostrará plena na competição caso conquiste os três pontos.

*Houldine Nascimento é jornalista

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »