Caravela Capital conta com R$ 75 milhões para investir em startups
Rafael Dantas

Caravela Capital conta com R$ 75 milhões para investir em startups

Publicado em 09/07/2020 por Revista algomais às 5:45
Fundo de investimento promete aportes em até 20 empresas brasileiras. Mário Delara e Lucas de Lima são os cofundadores da empresa.

A Caravela Capital é um fundo de venture capital com foco em empresas tecnológicas early stage (em estágio inicial).  Com R$75 milhões disponíveis para aporte, a empresa fundada em Curitiba pretende investir em cerca de 15 a 20 empresas pelos próximos três anos. Apesar de ter vasta atuação no sul do País, que é o mercado principal do fundo, um dos focos dos novos investimentos será na prospecção de empresas do Porto Digital.

“Pernambuco conta com um importante parque tecnológico, o Porto Digital, apesar do Porto Digital ser uma iniciativa que tem enfoque local, a sua abrangência acaba sendo nacional, não tem como a gente falar de parque tecnológico no Brasil e não pensar no Porto Digital. Esse tipo de ação é extremamente benéfica para a comunidade empreendedora. O nosso objetivo é de entrar em contato com empresas de Pernambuco e de todo o Brasil, se as startups de outros estados preenchem todos os nossos pré-requisitos e têm potencial para receber o nosso investimento, com certeza queremos acompanhá-las de perto. E pelos trabalhos realizados em Pernambuco, especialmente pelo Porto Digital, nós sabemos que as empresas do estado têm muito potencial e temos total interesse em conhecer essas empresas”, afirmou Lucas de Lima, fundador da Caravela Capital.

Ele informa que as startups podem se apresentar para o time do fundo de investimentos entrando em contato por meio do e-mail contato@caravela.capital. Os cheques dos aportes variam entre R$1 milhão e R$3 milhões.

Para integrar o grupo de empresas investidas pela Caravela Capital, a startup precisa cumprir alguns pré-requisitos: estar inserida em grandes mercados (que faturem mais de US$1 bilhão/ano) com potencial de inovar seu segmento e se tornar líder de mercado; apresentar faturamento considerável e soluções validadas pelo mercado; ter a tecnologia como base para seus serviços; ter alto potencial de escalabilidade; com empreendedores à frente do negócio com visão e paixão para executar o projeto e desenvolver ideias inovadoras; entre outras especificidades.

Além de fornecer o capital que a startup precisa para acelerar seu crescimento, a Caravela Capital também contribui com as ferramentas e conhecimentos necessários para escalar durante o estágio inicial. “É justamente nesse momento, no early stage, que a empresa enfrenta diversos desafios que podem comprometer seu crescimento”, diz Mário Delara, também cofundador do fundo de investimento. Por isso, a empresa conta com 19 mentores (que também são investidores do fundo) que compartilham com as empresas investidas seus ensinamentos e conselhos para tornar esse caminho o mais bem sucedido possível. São CEOs e fundadores de startups com operações de sucesso reconhecidas no Brasil.

“A maioria dos fundos de investimento faz o aporte e cobram resultados. Nós fazemos diferente: e acompanhamos as empresas investidas durante todo o processo, dando apoio para que os empreendedores superem eventuais problemas. Isso é o que chamamos de smart money, dinheiro inteligente”, garante Lima, fazendo da Caravela Capital uma venture “hands on”, ou seja, que “coloca a mão na massa”, dando as ferramentas e abrindo as portas que a empresa precisa, mas sem atropelar ou incomodar o empreendedor.

Mais informações no site: http://caravela.capital/ ou no LinkedIn da empresa: https://www.linkedin.com/company/caravelacapital/?originalSubdomain=pt

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »