Crise da pandemia fecha mais 7 mil empregos em PE
Rafael Dantas

Crise da pandemia fecha mais 7 mil empregos em PE

Publicado em 30/06/2020 por Revista algomais às 14:46

Com a economia paralisada, o País tem visto mês a mês um derretimento do mercado de trabalho. Apenas no mês de maio, 331.901 postos com carteira assinada foram fechados no Brasil inteiro. Pernambuco registrou uma retração de 6.952 empregos, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. O indicador é alcançado a partir da diferença entre contratações e demissões.

O comércio e os serviços puxaram o desempenho negativo de maio, fechando respectivamente 2.404 vagas e 2.023 postos de trabalho. Na construção civil a baixa foi de 1.440 empregos.

Mesmo com o cenário muito pessimista, o mês de maio foi o menos intenso em demissões desde o início da pandemia. Em abril, tinham sido fechadas 26.654 postos de trabalho. E no mês de março o desempenho tinha sido ainda pior, com o encerramento de 28.252 vagas.

Entre todas as unidades da Federação, as maiores variações negativas em maio foram em São Paulo (-103.985 postos); Rio de Janeiro (-35.959 postos); Minas Gerais (-33.695 postos) e Rio Grande do Sul (-32.106 postos).

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »