Fábrica anuncia investimento de R$ 19 milhões e previsão de gerar 250 empregos
Rafael Dantas

Fábrica anuncia investimento de R$ 19 milhões e previsão de gerar 250 empregos

Publicado em 24/09/2020 por Revista algomais às 16:19
Orion Estofados será instalada em Escada, com previsão de início das operações em 2021

Mais uma boa notícia para a indústria Pernambucana. Foi anunciado hoje o investimento de R$ 19 mihões da Orion Fabricação de Estofados. Pertencente ao Grupo Umaflex, a empresa construirá a sua primeira fábrica no Nordeste, que será instalada em Escada, na Zona da Mata Sul. A planta industrial irá produzir colchões, estofados e espumas de alta qualidade. Há uma expectativa de geração de 250 empregos diretos. A operação tem previsão de início das suas atividades em setembro de 2021.

O empreendimento será construído no Polo Empresarial do município de Escada, equipamento gerenciado pela AD Diper no direcionamento dado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico para atrair novas empresas. A planta ficará em uma área de seis hectares, na BR-101 Sul, Km 125. Como incentivo para instalação, a empresa também receberá diferimento de até 85% do ICMS, podendo se estender até 2032, a partir do Proind – Programa de Estímulo à Indústria do Estado de Pernambuco, gerenciado pela Secretaria da Fazenda (Sefaz). Hoje, os sócios do empreendimento foram recebidos pelo governador Paulo Câmara, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, e o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, no Palácio do Campo das Princesas.

“O Grupo Umaflex, visando a expansão dos seus negócios e em face da necessidade de instalar uma unidade produtiva no Nordeste, optou por Pernambuco devido aos seus incentivos fiscais, alinhados à toda infraestrutura ofertada. Estamos muito animados com este novo investimento e, acima de tudo, motivados para contribuir significativamente com o desenvolvimento socioeconômico do município de Escada”, detalhou Walnei Xavier Ribeiro, diretor executivo do Grupo Umaflex.

Com a chegada em Pernambuco, a Orion espera reduzir o custo logístico para o Nordeste, aumentando seu market share no Estado e em toda a região. A intenção iniciar é de produzir 10 mil unidades/mês e, em um ano, dobrar para 20 mil unidades mensais. “Temos nos empenhado em descentralizar a geração de riquezas, ajudando o Estado a crescer de forma a equilibrar as diferenças. A gente sempre manteve o cuidado de fortalecer as potencialidades pernambucanas, mas incentivando o contato dos municípios com novas culturas econômicas”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »