Pacha Mama aposta nos pães artesanais

 Pacha Mama aposta nos pães artesanais

Gente & Negócios: cafés especiais e pães artesanais conquistam paladar do recifense - Algomais
Gente & Negócios: cafés especiais e pães artesanais conquistam paladar do recifense
Rafael Dantas

Gente & Negócios: cafés especiais e pães artesanais conquistam paladar do recifense

Publicado em 07/08/2018 por Revista algomais às 15:04

 Pacha Mama aposta nos pães artesanais

Casa de pães e cafés especiais, com preferência para produtos artesanais, de pequenos produtores e alta qualidade. Essa é a proposta da Pacha Mama, recém-inaugurada no bairro do Espinheiro. O empreendimento pelos sócios Pedro Stor e Thais Stor demorou um ano de gestação das ideias e formatação do negócio. Mas está caindo no gosto do público da Zona Norte.

De acordo com Pedro, a ideia inicial era um estabelecimento para vender apenas pães artesanais. Depois chegou a ideia de agregar um café especial. Por fim, a comercialização de produtos como manteigas, geleias e queijos dentro desse perfil gourmet e, sempre que possível, orgânico.

Os pães são produzidos em um processo de longa fermentação. Descansam de um dia para o outro, garantindo um diferencial no sabor que é um dos carros chefes da empresa. São 32 tipos de pães fabricados na casa que também são usados nos sanduíches e pratos a serem consumidos na casa. Thais destaca que a recepção do público aos produtos da casa tem sido animadoras.

A Pacha Mama fica na Rua Santo Elias, 261, no Espinheiro. O estabelecimento abre de terça a sábado, das 11h, às 20h. E no domingo de 9h às 13h. Vale a pena conferir!


Um ano de inovações no Grão Cheff

Marcelo Carrilho, diretor do Grão Cheff

Marcelo Carrilho comemora o desempenho da Grão Cheff, que completou um ano há pouco tempo e já tem um público consolidado. A casa na Rua da Hora, 497, recebe 3,4 mil clientes por mês. “O café especial é um produto novo e inovador. Inovamos o tempo todo”.

Um dos esforços do empreendedor é de trazer lotes exclusivos de pequenos produtores. Recentemente trouxe uma variedade de um pequeno produtor da Chapada da Diamantina, que trás um sabor mais exótico, com notas de ameixa madura e de rapadura.  “Estamos sempre procurando variedades diferentes dentro do universo do café especial. Com essas diferenças começamos a dar ao cliente a possibilidade dele perceber que esse produto tem variáveis infinitas, igual ao DNA”. Os produtos torrados na própria cafeteria ganham a marca própria, a Qahwa. A casa incentiva não apenas o consumo desses cafés no espaço, como levarem para casa e experimentarem preparos em casa.

Um dos acertos do espaço foi investir em uma cartela especial de pratos para almoço, que combinam bem com seus cafés. Marcelo afirma que percebeu nas suas pesquisas que os cafés esvaziavam-se na hora do almoço. Daí buscou uma gastróloga para fazer uma harmonia entre a estrutura da casa e um menu de almoço de qualidade, que combinasse com a proposta do Grão Cheff. Além de pratos saborosos, eles tem toques de regionalidade. Alguns incluindo o próprio café no preparo.


Grupo 3corações lança microlote especial na Cafeteria Santa Clara

Niwton Henrique é gerente regional da 3Corações

Hoje, dia 7 de agosto, o Grupo 3corações, lança na Cafeteria Santa Clara, em Graças, Recife, o microlote campeão do ‘Prêmio Região do Cerrado Mineiro’, produzido na fazenda São Silvestre, localizada em Minas Gerais. Com processamento natural, corpo cremoso e características florais, o produto, Reserva da Família Microlotes, será lançado em um evento que reúne especialistas e convidados para um workshop sobre cafés especiais e métodos de preparo. Na região as ações da marca são lideradas pelo gerente regional Niwton Henrique.

O Café é da variedade Icatu Amarelo e faz parte da linha de cafés especiais da marca. A bebida tem sabor frutado, apresenta acidez cítrica e notas de mel, melaço e cana de açúcar, e estará disponível na Cafeteria Santa Clara enquanto durarem os estoques. O café pode ser degustado em três diferentes métodos de extração: expresso, que potencializa seus sabores e aromas, prensa francesa que potencializa seu corpo e doçura, e V60, que revela maior acidez e delicadeza.

Microlotes são cafés com volume mínimo de uma saca de 60kg e máximo de 21 sacas, tratados com o máximo cuidado pelo produtor, e desenvolvem características particulares, que variam de acordo com a safra, variedade, microclima e processamento. Quando participam de concursos de qualidade, os cafés são avaliados por um corpo de juízes profissionais, e premiados pelo seu destaque em qualidade, sendo um concurso nacional uma vitrine para o produtor em todo o país, e também internacionalmente.

 

 

 

 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »