Praxe Cosméticos cresce durante pandemia com redes sociais
Rafael Dantas

Praxe Cosméticos cresce durante pandemia com redes sociais

Publicado em 18/06/2020 por Revista algomais às 15:51
Empresa dobra faturamento com vendas pelas redes sociais e cria novos postos de trabalho

A marca local Praxe Cosméticos apostou em uma receita para superar a crise: venda de produtos que oferecem resultados de salão de beleza em casa, reforço da atuação nas redes sociais e entrega a domicílio. Com essas medidas, a empresa de cuidados com os cabelos, criada pelo jovem empreendedor de 24 anos, Jefferson Oliveira, viu o número de seguidores no Instagram aumentar cinco vezes e o faturamento dobrar. Na contramão da crise, a empresa ainda conseguiu contratar mais pessoas.

“Quando a pandemia chegou aqui no Estado, fiquei muito preocupado em como faria para dar continuidade aos negócios, porque grande parte das nossas vendas eram feitas porta-a-porta. Mas, foi aí que resolvi investir pesado nas redes sociais e deu certo,” conta Jefferson, que cuida pessoalmente do marketing digital da marca. O empresário relata que aumentou a frequência de publicação nas redes, reforçou o atendimento virtual às clientes dando dicas de como cuidar bem dos cabelos e fez parcerias com influenciadoras digitais, que ensinam como usar os produtos e fazem testes mostrando o resultado deles nas madeixas. Com essas ações, a Praxe Cosméticos passou de 7,4 mil para 37,7 mil seguidores no https://www.instagram.com/praxecosmeticos/.

O crescimento no número de seguidores teve um reflexo direto no faturamento da empresa. “As vendas dispararam! Já conseguimos até vender R$ 6 mil em apenas um dia!”, comemora Jefferson. De acordo com ele, o faturamento mais que dobrou de março para cá. Atingiu uma média de R$ 42.665,00, no período, chegando ao pico de R$ 51 mil no mês passado.

Os produtos que fazem sucesso nas mídias sociais são o kit Banho de coco, para dar maciez e brilho ao cabelo, Terapia do Alho, para combater a queda e promover o crescimento e o BBTox Magic, à base de botox para hidratar, deixar sem frizz e sem pontas duplas, mas sem agredir o couro cabeludo, nem os olhos.

A empresa possui apenas dois anos, tendo começado como MEI, mas já está migrando para a categoria de microempresa. Iniciou como uma marca própria que usa princípios ativos naturais de alto rendimento para ser usada em salões de beleza, mas logo migrou para atender o público final que sentia necessidade de obter resultados profissionais, de salão, em casa. O seu empreendedor, Jefferson Oliveira da Silva, tem apenas 24 anos. Natural de uma família humilde, ele é filho de seu José Ferreira, um comerciante de produtos para cama, mesa e banho, que vende de porta em porta e de dona Isabel Cordeiro, dona de casa. Sempre inquieto, aos 13 anos de idade resolveu vender umas pomadas para massagem que o pai havia comprado e não parou mais. Aos 18 anos já era representante de algumas marcas de cosméticos, antes de abrir seu negócios próprio.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »