Serra Talhada inaugura primeiro shopping do Sertão do Pajeú
Rafael Dantas

Serra Talhada inaugura primeiro shopping do Sertão do Pajeú

Publicado em 30/07/2020 por Revista algomais às 4:30
Com capacidade total de 75 lojas e previsão de gerar mais de mil empregos, diretos e indiretos, Shopping Serra Talhada abre suas portas hoje (30)

Hoje (30) o Shopping Serra Talhada abre suas portas oficialmente para atender todo o Sertão do Pajeú. Com a abertura, a cidade passa a contar com grandes nomes do varejo nacional. O mall contará com as Lojas Americanas e Le Biscuit, e grandes marcas, como Burger King e O Boticário. O empreendimento tem capacidade para 75 lojas – 85% já comercializadas -, praça de alimentação, três salas de cinema e estacionamento para mais de 600 veículos, incluindo área coberta. Cem por cento das obras foram concluídas. Com a abertura, a expectativa é injetar aproximadamente R$ 40 milhões/ano na economia local, considerando-se o alcance de mais de 500 mil pessoas, em um raio de 75km.

“Fizemos esse investimento por considerarmos a maturidade econômica da cidade e apostarmos na ampliação desse cenário”, explica Murilo Duque, integrante do pool responsável pelo empreendimento, formado por 3 empresários da região, e capitaneado pelo Grupo JD – há 75 anos em atividade em Serra Talhada.

“O shopping foi construído para a população, gerando emprego e aquecendo, não só a economia do município, mas de toda região do Pajeú”, completou o presidente do Grupo JD, João Duque.

João Duque

O centro comercial, junto com um edifício empresarial ainda a ser levantado, teve investimento inicial fixado em R$ 30 milhões e já movimenta a economia da cidade desde o início da empreitada, em julho de 2016. São 22 mil metros quadrados de área construída em uma região estratégica – 78% da frota de veículos da cidade passa pela vizinhança e mais de 8 mil pessoas em circulação diariamente. O acesso também é facilitado pela disponibilidade de transporte público alternativo nas áreas de influência principal e estendida.

Há uma estimativa de que o shopping tenha capacidade de gerar mais de mil empregos diretos e indiretos. “Um empreendimento dessa magnitude coloca Serra Talhada em um novo patamar, impulsionando outros setores, atraindo agentes financeiros e equipamentos imobiliários, gerando mais empregos e renda para o município”, analisa o diretor da Fecomércio, Francisco Mourato. “Se grande parte dos empregados do Shopping tiver residência em Serra Talhada, haverá ganho duplo, com a renda da população reinvestida no comércio e no setor de serviços da cidade”, acrescenta.

Mix de Lojas
Além das lojas âncora, nomes tradicionais da cidade também inauguram operação no Shopping, nas mais diversas áreas: varejo, serviços, gastronomia, lazer e um centro médico de ponta. Em um segundo momento, o centro comercial abrigará a sede da Uninassau na cidade.

Para o administrador do Shopping, João Graciliano, os impactos socioeconômicos são significativos. “Os shoppings se tornam vitrines para as comunidades em que estão instalados, fomentando negócios, atraindo investimentos e trazendo um impacto socioeconômico bastante significativo para a região”.

Protocolos de Biossegurança
O shopping está sendo bastante cauteloso e rigoroso a fim de cumprir os protocolos de biossegurança. “Antes do período de isolamento social, o shopping havia planejado um grande evento de inauguração com uma campanha de publicidade bastante robusta. Todavia, diante do cenário atual de retomada da economia, estamos sendo muito cautelosos a fim de não criarmos uma situação que venha colocar as pessoas em risco”, conta João Graciliano.

Apesar deste cenário, que por si só limita a quantidade de pessoas no centro de compras, é grande a expectativa em torno da abertura. “Estamos fazendo uma abertura gradual, chegando aos poucos para matar o desejo de quem já esperou tanto tempo pelo primeiro shopping da cidade e região. Abriremos seguindo todos os protocolos de biossegurança recomendados pelos órgãos competentes e pela Abrasce Associação Brasileira de shopping centers. Devemos ter consumidores de toda região do Pajeú circulando pelo shopping ”, prevê João Graciliano.

Foi desenhado um forte esquema de monitoramento e controle de acesso às instalações do Shopping. Logo na entrada, será medida a temperatura dos visitantes e verificado o uso de máscara. A todo momento, a equipe treinada pelo Shopping promoverá a desinfecção das áreas comuns, banheiros e estacionamento. Em respeito às determinações das autoridades sanitárias do estado, a praça de alimentação e o cinema não entrarão em atividade nesta primeira fase.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »