Seis podcasts que você precisa começar a ouvir
Beatriz Braga

Seis podcasts que você precisa começar a ouvir

Publicado em 08/08/2018 por Claudia Santos às 16:28

Ouvir. Precisamos urgentemente abrir os nossos ouvidos. Ouvir quem está do lado, ouvir quem está distante. Ouvir mulheres, ler mulheres, assistir mulheres. Isso, claro, se quisermos evoluir como humanidade.

Uma ótima ideia do mundo moderno foi a invenção do podcast (arquivo digital de áudio transmitido através da internet sem necessariamente uma frequência fixa de episódios). Esse tentáculo do rádio tem ganho cada vez mais atenção dxs produtorxs de mídia, isso inclui centenas de mulheres à frente de programas muito interessantes.

Eu sou fiel adepta ao mundo do podcast e não saio de casa sem meu fone. De repente, o caminho até o trabalho ou o exercício na academia tornam-se viagens às águas até então não navegadas individualmente.

Também continuo uma fiel amadora do mundo analógico e sigo fascinada pelo tradicional rádio nosso de todo dia.
O podcast, pois, une o que o rádio tem de fascinante (a atenção às palavras, à discussão e à conversa entre humanos) com o que o avanço tecnológico trouxe de bom (praticidade, diversidade e democratização de conteúdo).

As hashtags #mulherespodcasters e #opodcastédelas são um caminho eficiente para descobrir projetos legais protagonizados por vozes femininas. Se você ainda não começou, por que não hoje? Ouça mulheres. Escute diálogos sobre diferentes experiências da sua. Essa é a nossa maior contribuição para um mundo mais bacana.

As opções de programas bons (e gratuitos) são infinitas, mas como acho que cardápios grandes atrapalham mais do que ajudam, selecionei os poucos e bons que me acompanham. Compartilho, aqui, minha lista de podcasts queridinhos.
Preencher os tempos ociosos do meu dia ouvindo o que outras mulheres têm a dizer foi uma das melhores coisas que fiz nos últimos tempos.

Estão preparadxs para uma lista super interessante?

1. Mamilos | B9

Jornalismo de peito aberto, cabeça fria e personagens bem escolhidos. Conversa boa, bem humorada e inteligente, sobre temas que mudam a cada edição: arte, política, sexo, masculinidade, maternidade, aborto e por aí vai.
Meu podcast preferido (sou “mamileira” fiel), apresentado por Juliana Wallauer e Cris Bartis, é ótimo para se atualizar dos assuntos do momento. Polêmicas e tabus são bem-vindos e tratados com respeito. Todo mundo deveria ouvir Mamilos!
Saiba mais: www.b9.com.br/podcasts/mamilos/

 

2. Feito Por Elas | Anticast


Eis a proposta: assistir, toda semana, um filme de uma diretora mulher durante um ano. Topa? O desafio#52FilmsbyWomen (52 Filmes por Mulheres) foi lançado pela organização Women in Film (www.womeninfilm.org), projeto que nasceu para alavancar um universo muitas vezes deixado de lado por falta de oportunidade e preconceito.
Foi de olho neste desafio que o podcast Feito Por Elas surgiu. Cada edição apresenta uma mesa redonda de mulheres que já tinham alguma experiência anterior em crítica de cinema (Angelica Hellish, Isabel Wittmann, Samantha Brasil, Camila Vieira, Stephania Amaral e Michelle Henriques). Quinzenalmente, uma diretora é escolhida e três filmes diferentes de sua carreira são analisados.
A ideia do projeto é enriquecer o debate em torno de produções assinadas por mulheres e dar mais visibilidade às cineastas que fizeram ou continuam fazendo trabalhos importantes ao redor do mundo.
Saiba mais: www.anticast.com.br/2016/08/feitoporelas

 

3) Baseado em Fatos Surreais


Para ouvir depois de um dia pesado e dar risada ou se confortar com esses episódios leves de geralmente algo em torno de 20 minutos. A ideia aqui é dar vozes às histórias anônimas de outras mulheres contadas na primeira pessoa.
A cada episódio, uma história enviada por ouvintes é interpretada por uma das apresentadoras em uma conversa aberta com outras parceiras. Tudo isso com empatia, sensibilidade e bom-humor. Claro que rola uma dramatizada e uns pontos a mais nos contos, mas tá tudo certo, a gente gosta mesmo de emoção.
As histórias giram em tornos de fatos “surreais” que acontecem na vida de pessoas comuns, envolvendo amizade, sexo, trabalho, família e o que mais couber no roteiro cotidiano de gente como a gente. O projeto é mantido por Marcela Ponce de Leon e Sheylli Caleffi, sempre com convidadas para interpretar e reagir aos causos da vida alheia.
Saiba mais: www.bfsurreais.com.br

4) Talvez Seja Isso
Um convite às profundezas do “ser mulher”. Nesse podcast, mulheres se reúnem para conversar e analisar a obra clássica “Mulheres que correm com os lobos” de Clarissa Pinkola Estés. O livro é um caminho sem volta para transformação pessoal (para as leitoras interessadas, claro).
Assim como a felicidade, toda transformação é mais real se compartilhada. O podcast é um espaço seguro para ouvir sobre os ensinamentos desse livro fantástico. A cada edição, um capítulo entra na berlinda.
Eu ainda não terminei o livro, mas quando acabo um capítulo, vou lá e ouço essa conversa entre mulheres, que apesar de não conhecê-las, sinto como se fossem minhas amigas dialogando na mesa de bar – e tem melhor cenário para sair renovada?
Não necessariamente é preciso ler o livro para entender as reflexões, mas acho que o combo (leitura + discussão) é a maneira mais legal de aproveitar essa viagem ao centro de nós mesmas. Aos mais distraídos, pode soar como besteira. Às mais dispostas, soa como poder.
Saiba mais: www.talvezsejaisso.com

 

5) About Race | Reni Eddo Loge

As duas últimas dicas são podcasts em inglês (uma ótima opção para quem quiser, de quebra, treinar o ouvido para esta língua estrangeira). No site do programa, inclusive, encontramos os episódios transcritos para serem lidos. É muito bom escancarar os ouvidos e saber o que se está falando ao redor do mundo também.
About Race é o podcast da jornalista britânica Reni Eddo Loge, autora do livro bestseller “Why I’m No Longer Talking to White People About Race” (Porque eu não falo mais com pessoas brancas sobre racismo, em tradução livre), do qual tenho lido críticas maravilhosas e tem alavancado a carreira da escritora pelo mundo.
No programa, pautas interessantíssimas, muitas vezes polêmicas e sempre bons convidados. O tema central é racismo e a autora, enquanto feminista com foco interseccional, tem muito a dizer.
Encontrei esse podcast por acaso pela internet e virei fã. Em uma das últimas edições, “The Big Question” (a grande pergunta), ela faz uma crítica ao questionamento que ouve de muitas pessoas brancas: “como eu posso ajudar na luta contra o preconceito?”. Reni nos leva a refletir, questionar nossas próprias atitudes e pensar sobre privilégios, cultura e preconceito. A conversa sobre raça levada a um passo à frente.
Se tiver intimidade com a língua inglesa, Reni é uma ótima fonte de conhecimento e boa companhia.
Saiba mais: www.aboutracepodcast.com.

6) Sandra | Gimlet Media


O Gimlet é um grupo de mídia sensacional com foco em tecnologia e tem vaaarios podcasts sobre temas variados. Não são todos apresentados por mulheres, mas é um grupo bem diverso. Eu sou fã de alguns dos seus programas e estão todos disponíveis em qualquer aplicativo que você use para ouvir esse tipo de mídia.
Hoje vou indicar um projeto novo desse grupo que viciei e escutei todos episódios de uma vez só. O programa chama-se Sandra e, diferente de todos os que indiquei aqui, este é um programa ficcional. É como um seriado em formato de podcast.
Em tempos de Netflix, se dispor a ouvir histórias ficcionais através de uma ferramenta de áudio pode ser uma experiência interessante – e deliciosa.
No roteiro, a protagonista Helen começa a trabalhar nos bastidores do aplicativo Sandra, a assistente virtual (como a Siri da Apple) famosa do momento. Enquanto se adequa ao novo emprego, a personagem está tentando se desfazer de um relacionamento abusivo da vida real e acaba entrando em outra relação complicada, dessa vez virtualmente.
A personagem é o toque humano por trás da inteligência artificial e os episódios de 30 minutos são bem envolventes. Contada de uma maneira leve, a história planta uma semente sobre a reflexão da nossa relação com a tecnologia. Aguardando ansiosa pela próxima temporada.
Além de Sandra, vale a pena conhecer as outras opções de podcasts do Gimles, alguns deles trazem temas que você nem sonhava que existiam.
Saiba mais: www.gimletmedia.com

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »