18a Edição da Parada da Diversidade de Pernambuco defende a resistência para a liberdade

18a Edição da Parada da Diversidade de Pernambuco defende a resistência para a liberdade

Publicado em 10/09/2019 por Revista algomais às 8:10

Em tempos conturbados, em que os discursos de ódio vêm se propagando com uma força voraz, a resistência tem sido a estratégia de uma busca pela liberdade. É o que defende o tema da Parada da Diversidade de Pernambuco em 2019. O evento tem a expectativa de levar aproximadamente 500 mil pessoas, não só LGBT, mas também de simpatizantes, para a Avenida Boa Viagem no próximo 15 de setembro, com concentração no Parque Dona Lindu, às 9h.

Apresentações artísticas culturais LGBT, além de falas de ordem e shows fazem parte do evento que tem como momento mais esperado o desfile de trios elétricos pela orla da Avenida Boa Viagem, às 12h, com dispersão em frente à Padaria Boa Viagem, às 17h30.

Realização e resistência – Organizada pelo Fórum LGBT de Pernambuco, a Parada da Diversidade de Pernambuco já é consolidada como um momento especial para a causa LGBT em nosso estado, reúne pessoas de diferentes orientações sexuais, identidades e expressões de gênero, que acreditam ser importante ter estratégias para resistência, como defende uma das Coordenadoras do Fórum LGBT de Pernambuco, Chopely Santos: “Com os retrocessos que vêm acontecendo a cada dia no Brasil, é preciso unir forças para sobrevivência dos espaços LGBTs que são tão importantes para combater a lgbtfobia. Unir forças, determinação e sabedoria para sobrevivermos ao conservadorismo que cada vez fica mais presente no Brasil.” E por falar em união, Rivânia Rodrigues, também da coordenação colegiada do Fórum LGBT de Pernambuco, convida o público a prestigiar o evento: “A Parada é um ato político de visibilizar xs sujeitxs LGBTs e pontuar as suas reivindicações. Este é o momento de ficarmos juntxs mães, irmãos, pais, filhos, parentes, e somar com os outros movimentos como o feminista, negro, da juventude, sem-terra, sindical, ambiental etc…Juntxs somos mais fortes. Vem para a Parada pelo fim da lgbtfobia e do lgbtsidio. Resistir para existir !!!”

Realizada desde o ano de 2002, a Parada da Diversidade de Pernambuco é uma estratégia de luta do movimento em defesa dos direitos sexuais, a partir da qual a visibilidade é encarada como fortalecimento de ações no enfrentamento da homofobia e de promoção da livre expressão da sexualidade. É também um momento de descontração e de celebração do orgulho de ser LGBT.

Programação do Palco (9h às 12h)

9h às 10h – Gabi do Carmo

10hàs 12h – Amigas do Brega

Percurso dos trios-elétricos: partir das 12h

Previsão de policiais militares para o evento: 377 PM

Agentes da CTTU: 150

Sobre a homenageada: Bárbara Finsking tem 33 anos de carreira, é estilista, maquiadora, cabeleireira, costureira, coreógrafa, decoradora vitrinista, atriz transformista e funcionária pública há 30 anos na área de educação.

Dados: Os dados sobre denúncias relacionadas à comunidade LGBT por Unidades da Federação evidencia que no ano de 2017 (dado mais recente sobre a questão) o estado que mais contabilizou denúncias foi o de São Paulo (260 denúncias), seguido pelo Rio de Janeiro (181 denúncias). Ao se observar, para fins comparativos, a taxa de denúncias por 100 mil habitantes, nota-se que o estado que apresentou o maior quantitativo de denúncias sobre crimes contra a população LGBT foi o Distrito Federal, com uma taxa de 2,02 no ano de 2017, seguido pelo estado do Ceará (1,27) e o da Paraíba (1,22).

As informações por taxas permitem a comparação dos estados com diferentes quantitativos de população a fim de verificar o impacto do evento frente ao seu número de habitantes. Nesse sentido, o estado de São Paulo e do Rio de Janeiro, por terem maiores quantitativos populacionais, possuem também um maior quantitativo no número de denúncias por violação de direitos. Quando se observa o total ponderado pela população, as regiões do Centro-Oeste (0,94), do Nordeste (0,70) seguidas pela região Sudeste (0,68) emergem como as que mais contabilizaram esse tipo de denúncia para o ano de 2017 no Brasil.

Total de Denúncias em Pernambuco (em números absolutos) – no ano de 2017 – 62.

Fonte: Disque 100, elaborado pela FGV DAPP. Disponível em: http://www.mdh.gov.br/disque100/balanco-2017-1. Acessado em: 17/05/2018.

Serviço:

18ª Parada da Diversidade de Pernambuco

Domingo, 15 de setembro

Concentração às 9h no Parque Dona Lindu, Av. Boa Viagem. Saída dos trios às 12h, sentido Padaria Boa Viagem.

Aberto ao público (acesso aos trios restrito aos convidados)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »