8 fotos das Estações Ferroviárias Antigamente

8 fotos das Estações Ferroviárias Antigamente

Publicado em 25/04/2019 por Revista algomais às 18:23

Os trilhos fazem parte da memória dos pernambucanos no interior e na capital. Se hoje o sistema de transporte sobre trilhos é restrito à região metropolitana, na século passado a via férrea seguia para cidades como Garanhuns e Caruaru, além de outras cidades vizinhas ao Recife que hoje não são mais atendidas, como Olinda. Selecionamos imagens do acervo do IBGE e da Fundaj com fotos das estações. Algumas viraram centros culturais, outras desapareceram.

Clique nas fotos para ampliar (as descrições das imagens e datas são dos acervos pesquisados).

 

Estação da Rede Ferroviária do Nordeste, em Garanhuns (IBGE)

A estação de Garanhuns foi inaugurada em 1887 como ponta da linha que vinha do Recife. Mais tarde foi transformada em ramal, com a abertura da E. F. Sul de Pernambuco, a partir de Paquevira. Segundo as informações sobre a estação, o prédio preserva a arquitetura inglesa do século XIX e seria, portanto, o prédio original da estação. O ramal e a estação foram desativados em 1971. A estação ainda existe, na praça Dom Moura, e abriga o Centro Cultural Alfredo Leite desde o ano de 1979.


.

Estação Ferroviária em Caruaru (IBGE)

A estação de Caruaru foi inaugurada em 1895. A primeira máquina do trem tinha o nome de Barbosa Lima Sobrinho, governador de Pernambuco. O prédio atual foi construído por volta de 1940, pelo seu estilo arquitetônico. O famoso Trem do Forró, que corre no carnaval de Recife todos os anos, costumava ir até esta estação.


.

Estação Ferroviária em São Lourenço da Mata (IBGE)

A Estação de São Lourenço da Mata foi aberta em 1881. Até, pelo menos, o início de 1981, ainda havia trens de passageiros de Recife para São Lourenço da Mata, que possivelmente eram diários.


.

Estação da Encruzilhada (Acervo Josebias Bandeira, Fundaj)

Dedicatória datada de 03.12.1904


.

Estação Ferroviária S. Great Western, em Moreno (Acervo Benício Dias, Fundaj, Foto: F. Du Bocage)


.

Estação em Olinda, em 1905 (Acervo Manoel Tondella, Fundaj)

Próximo às ruínas do Convento do Carmo


.

Estação do Carmo (Acervo Benício Dias, Fundaj)

Estação do Carmo C.T.U.R.O.B. Data da foto entre 1895 e 1905


.

Estação Central da Estrada de Ferro Recife (Acervo Josebias Bandeira)

Data aproximada de 1890. Dedicatória datada de 12.12.1908. Atualmente conhecido como Estação Central e Estação Recife.

 

*Por Rafael Dantas, repórter da Revista Algomais (rafael@algomais.com)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »