“Central do Brasil” ganha sessão especial com debate no 11º Janela de Cinema do Recife

“Central do Brasil” ganha sessão especial com debate no 11º Janela de Cinema do Recife

Publicado em 09/11/2018 por Revista algomais às 19:44

*Por Houldine Nascimento

Lançado há 20 anos, o filme “Central do Brasil” é um marco no período que ficou conhecido como “retomada do cinema brasileiro”, após os anos de baque que o governo Collor proporcionou com a ausência de políticas públicas que incentivassem o audiovisual do País. Uma cópia restaurada em 4k do longa-metragem de Walter Salles Jr. vai ser exibida dentro do programa de clássicos do 11º Janela Internacional de Cinema do Recife, neste sábado (10), às 18h50 (horário local), no Cinema São Luiz.

Ao final da sessão, um debate ocorre com a presença do ator Vinícius de Oliveira, que viveu o garoto Josué, um dos protagonistas da trama, ao lado da professora aposentada Dora (Fernanda Montenegro). A restauração de “Central do Brasil” integra as comemorações do aniversário de lançamento e vai resultar em uma nova edição em DVD no mês de dezembro. Antes do Janela, o filme também foi exibido na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no 20º Festival do Rio.

TRAJETÓRIA – Entre 1998 e 1999, “Central do Brasil” teve uma notória carreira em festivais e premiações de cinema do mundo, além de ter feito sucesso no circuito comercial. Ao todo, foram 50 prêmios: destaque para o Urso de Ouro no Festival de Berlim e o troféu de Melhor Atriz para Fernanda Montenegro.

O longa recebeu o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro no Bafta e no Globo de Ouro – em que Fernanda Montenegro também foi nomeada à estatueta de Melhor Atriz de Drama. No Oscar, foi indicado às categorias de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Atriz, o que causou grande repercussão à época.

*Houldine Nascimento, especial para a Revista Algomais

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »