Cinema do Museu comemora quatro anos com Semana da Pessoa com Deficiência

Cinema do Museu comemora quatro anos com Semana da Pessoa com Deficiência

Publicado em 23/08/2019 por Revista algomais às 10:26
No dia em que o Cinema do Museu comemora quatro anos, quem ganhou o presente foi o público. Nesta quarta-feira (21), a sala recebeu uma programação especial voltada para a pessoa com deficiência. A exibição do filme infantil da Disney, O Rei Leão (1994), abriu a Semana da Pessoa com Deficiência e arrancou olhares e sorrisos dos 40 alunos da Escola Municipal Rozemar de Macedo Lima, localizada na Avenida Norte, na Zona Norte do Recife.
“Em comemoração aos quatro anos de uma sala de cinema tão especial, escolhemos uma programação que englobasse todo o nosso público sem distinção. Mais de 90 pessoas vieram para a Semana da Pessoa com Deficiência só neste primeiro dia. Ações como essa são de grande importância para a inclusão e formação de um público com deficiência ativo. Estamos em festa”, declarou Ana Farache, coordenadora do cinema.
A decoradora de festas Ana Paula Batista trouxe o filho Samuel Batista da Silva, 9 anos. A criança é  autismo e foi sua primeira vez em um cinema. “Vocês não sabem o quanto essas ações são importantes para o crescimento e desenvolvimento intelectual e social dessas crianças. Eu nunca tinha entrado em uma sala de cinema com o meu filho. Essa oportunidade é única e tenho certeza que ele jamais vai esquecer o que o Cinema da Fundação proporcionou e o que ele viveu aqui hoje”, comentou.
A professora de Atendimento Educacional Especializado (AEE), Cláudia Figueiroa, acompanha de perto o dia a dia das crianças com deficiência no colégio e entende a necessidade de levá-los para atividades externas, onde possam ter contato com a cultura e o lazer. “Recebemos alunos com autismo, deficiência intelectual e síndromes raras. Passei a semana bastante ansiosa por esse momento, pois nunca tivemos a oportunidade de trazê-los para o cinema, muito menos com uma programação especial voltada para eles. Trabalhamos e recebemos qualquer criança com muita empatia, acolhimento e sensibilidade, principalmente as que têm necessidades”, disse.
A ação promovida pela Cinemateca Pernambucana e pelo Cinema da Fundação estende-se até este domingo (25), com a Sessão Índigo do filme Toy Story II, a partir das 14h30, no Cinema da Fundação/Derby. Os filmes estão acessíveis para pessoas cegas e de baixa visão e para surdos e ensurdecidos, com Audiodescrição, LSE e Libras. Para as sessões destinadas ao público com necessidade específicas, a sala do cinema fica mais iluminada e o som mais baixo.

Nos últimos dois anos, o Cinema da Fundação comemorou muitas conquistas especiais. O público teve um crescimento de 68% comparado ao ano de 2017. Em 2018, o Cinema da Fundação Derby/Museu registrou um total de 55 mil entradas e 248 longas exibidos. Já em 2019, foi calculado até o dia 20 de agosto um público de 56.268.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »