Como publicar seu livro pela Cepe

Como publicar seu livro pela Cepe

Publicado em 06/08/2020 por Revista algomais às 5:00
O Conselho Editorial da Companhia Editora de Pernambuco recebeu este ano um número bem maior de originais do que no ano passado

Publicar um livro numa editora prestigiada como a Cepe é­­ o desejo de muitos escritores iniciantes. E até mesmo de autores experientes que sabem o valor de ter seu trabalho chancelado por uma empresa respeitada. Neste ano, o Conselho Editorial da Cepe já avaliou cerca de 30 obras e encontra-se com outras 25 em análise. De acordo com o presidente do conselho, o escritor Sidney Rocha, os números representam o triplo do volume de originais apresentados no mesmo período do ano passado.

Desde que assumiu a presidência do conselho, em fevereiro deste ano, Sidney Rocha instituiu a leitura-cega, ou seja, os originais passaram a ser tratados aleatoriamente e deles são retiradas informações que possam identificar a autoria, assim como os metadados do arquivo. “Esta dinâmica garante mais democratização e transparência ao processo. Desta forma, o autor pode ter certeza que o único ponto que interessa analisar é a qualidade do texto”, explica.

Já para o editor Diogo Guedes, é essencial que a Cepe tenha abertura para receber novas obras e autores. É uma das formas de se ter um catálogo mais diverso, prezando sempre pela qualidade. “Como aparentemente nunca se escreveu tanto como hoje em dia, o papel que o Conselho Editorial exerce, avaliando e filtrando os títulos enviados, é indispensável. Acredito que os autores, a Cepe Editora e os próprios leitores, que podem ter acesso a títulos diferentes, são beneficiados por esse canal de envio de originais”, diz o editor da Cepe.

COMO PUBLICAR

O escritor interessado em publicar pela Cepe tem três caminhos a seguir, dois deles sem custo algum: ser vencedor do Prêmio Cepe Nacional, ter seu projeto aprovado pelo Conselho Editorial e o terceiro, bancar a própria publicação. Nestes tempos de pandemia, para submeter a obra ao conselho o envio de originais deverá ser apenas digital.

Mas vale a pena levar em consideração as preciosas dicas de Sidney Rocha: “Antes de enviar a obra a uma editora procure leitores experientes. Essa leitura anterior ao envio pode ser um excelente guia para melhor leitura do Conselho Editorial de qualquer editora. O segundo conselho: Antes de enviar um original, consulte o catálogo. Verifique a linha editorial. Recebemos muitas dissertações, teses, tesinas. Mesmo explicando nos critérios de recebimento de originais que esses não são exatamente os livros do nosso catálogo, eles continuam chegando. Entendemos que há necessidade de difusão do pensamento científico, mas é necessário que nesse caso específico autores e autoras busquem casas editoriais nas quais seu original poderá ser publicado com mais facilidade, como é o caso de editoras universitárias, de fundações, etc”.

Outro ponto importante destacado por Sidney Rocha é que o conselho não avalia propostas editoriais. Portanto, não adianta oferecer ideias vagas de projeto, que não o livro em si.

Veja no link os critérios da Cepe para recebimento e apreciação de originais, exceto os que a diretoria considera projetos da própria editora (http://editora.cepe.com.br/originais).

SERVIÇO

Comercial da Cepe para orçamento: (81) 3183-2744 e orcamento@cepe.com.br

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »