Cultura, passeio e ações ambientais marcam fim de semana

Cultura, passeio e ações ambientais marcam fim de semana

Publicado em 07/09/2019 por Revista algomais às 5:00
Olha! Recife passeia pela diversidade cultural da cidade. Equipamentos culturais e ambientais têm programação para toda a família

Os equipamentos ambientais da Prefeitura do Recife entram no clima do feriado que celebra o Dia da Independência do Brasil com oficinas de reutilização, caminhadas ecológicas, trilhas ambientais, contações de histórias, atividades de plantio, esquetes teatrais e pocket show.

A programação cultural já começa na sexta-feira (6), quando o MAMAM vai estender seu horário de atendimento ao público até as 20h, no encerramento das atividades da exposição “Por uma retórica canibal”, de Adriana Varejão.

O Museu da Cidade convida o público a passear pela história da cidade, visitando a exposição de longa duração “Cinco Pontas”, que reúne achados arqueológicos, pinturas e documentos que mostram a importância da fortificação em diversos momentos históricos da capital pernambucana. O Olha! Recife faz tour pelo centro para mostrar as referências de diversos povos que passaram pela cidade.

CULTURA

Último dia de “Adriana Varejão – Por uma retórica canibal” no MAMAM

Programada para sair de cartaz no domingo (8), a exposição “Adriana Varejão – Por uma retórica canibal” teve o encerramento antecipado para esta sexta (6). A programação do derradeiro dia da exposição contará também com uma conversa com Luisa Duarte e Moacir dos Anjos, a partir das 18h. Em cartaz no museu desde 29 de junho, a mostra tem curadoria de Luisa Duarte e reúne 25 obras dos mais de 30 anos de trajetória da artista visual carioca Adriana Varejão

No sábado, o Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães fecha por conta do feriado de 7 de setembro. No domingo, o Mamam estará fechado por conta de serviço de manutenção de energia elétrica, realizado pela Celpe no entorno. Portanto, o centro cultural estará fechado no dia 8, data antes prevista para o fim da exposição.

O título da exposição faz referência ao vínculo da obra de Adriana Varejão com a tradição barroca. A retórica é uma estratégia recorrente do barroco, sendo um procedimento que busca a persuasão. Se o método rendeu obras e discursos suntuosos e exuberantes, a favor da narrativa cristã e do projeto de colonização europeu, a retórica canibal, ao contrário, se apresenta como um contraprograma, uma contracatequese, uma contraconquista. A visitação é aberta e gratuita.

Adriana Varejão – Por uma retórica canibal

Visitação: Até 6 de setembro de 2019.

Das 12h às 18h.

Quanto: Gratuito

Classificação indicativa: Livre

Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães / MAMAM

Rua da Aurora, 265. Informações: (81) 3355-6870

Museu celebra 120 anos do pernambucano Murillo La Greca

Filho de um casal de imigrantes italianos, o pintor Murillo La Greca nasceu no dia 3 de agosto de 1899, na cidade de Palmares, região da Mata Sul de Pernambuco. Responsável por produzir obras importantes – a exemplo dos belos afrescos que ilustram a Basílica da Penha, no bairro de São José, no Recife -, ele também foi professor e um dos fundadores da Escola de Belas Artes de Pernambuco, que deu origem ao atual Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE.

Para comemorar os 120 anos do artista pernambucano, o museu que leva o nome dele montou a exposição “O que não é desenho?”. A mostra de longa duração é focada nos desenhos produzidos por La Greca, e reúne 50 peças pertencentes ao acervo geral, formado por 1400 desenhos.

ATENÇÃO! O museu não abre neste sábado, devido ao feriado nacional de 7 de setembro.

Museu Murillo La Greca, Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim

Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 09 às 12h e das 14 às 17h

Sábados: 15h às 18h

Agendamento de visitas pelo e-mail: educativommlg@gmail.com

Informações: (81) 3355.3126

@MurilloLaGreca (Instagram) ou Museu Murillo La Greca (Facebook).

Exposição “Cinco Pontas” no Museu da Cidade

No Museu da Cidade, localizado no Forte das Cinco Pontas, no Bairro de São José, a exposição “Cinco Pontas” está aberta à visitação gratuita aos sábados e domingos, reunindo achados arqueológicos, pinturas e documentos que mostram a importância da fortificação em diversos momentos históricos da capital pernambucana. Em quase 400 anos de existência, o local já foi base para navegadores, depósito, prisão e quartel militar.

Informações: (81) 3355-9540. Saiba mais: www.museudacidadedorecife.org .

Práticas sustentáveis e conscientização movimentam o Econúcleo Jaqueira e Jardim Botânico

O Econúcleo do Parque da Jaqueira convida os visitantes para começar a manhã do feriado (7) na Caminhada Ecológica “Trilha Selvagem”, às 9h30, conhecendo a boa convivência entre as árvores, seguida por uma oficina de vermicompostagem. À tarde será de diversão, iniciando com a contação de história O Sapo e a Rosa às 14h e às 16h com oficina para ensinar o plantio de sementes de mudas em espaços como sementeiras.

No domingo (8), a sessão de meditação às 9h no Econúcleo promete conexão com a natureza e dá seguimento ao programa de atividades do espaço. Durante a tarde, o espaço externo do Econúcleo Jaqueira vai receber apresentação do espetáculo Folias, em um verdadeiro cortejo com grupos de cultura popular.

O Jardim Botânico também estará de portas abertas no feriado (7) com programação que aborda de forma criativa a defesa de uma sociedade sustentável e aliada ao desenvolvimento humano, assim como a qualidade de vida. Às 9h, haverá Caminhada Ecológica da Comadre Florzinha, mostrando como é possível cuidar da mata e dos animais, utilizando a história da personagem do folclore brasileiro.

No domingo, o Jardim Botânico abre as portas às 9h com a Caminhada Ecológica Trilha Selvagem pelo espaço, um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica na cidade. Às 11h, o teatro de mamulengos conta a história A maior flor do mundo sobre um garoto que pula o muro de sua casa e sai em busca de novas aventuras.

Econúcleo Jaqueira

Sábado (7)

9h – Apresentação do espaço sustentável com fantoche da turma Mangue e Tal
09h30 – Caminhada Ecológica “Trilha Selvagem” + oficina de vermicompostagem

11h – Pocket Show de Maricota: um show de minhoca

14h – O Meio que se conta: contação de histórias “O Sapo e a Rosa”

15h – Caminhada Ecológica “Trilha Selvagem”

16h – Oficina de plantio: o cantinho das sementes

17h – Encerramento

Domingo (8)

Sesc – Projeto Transborda

9h – Meditação com o grupo Sahaja Yoga

10h – Oficina de plantio “Cantinho das Sementes”

11h – Oficina de criação de lápis com galhos secos

14h – Abertura do Projeto Transborda

15h – Apresentação do Espetáculo Folias – Teatro de Bonecos (Adiel Luna/PE)

16h – Cortejo com Boi Quebra Coco da Xambá, Turma Mangue e Tal e Urso Mimoso de Arcoverde

17h – Encerramento

Econúcleo Jaqueira

R. do Futuro, 959 – Jaqueira

De quinta à domingo, das 9h às 17h

Entrada gratuita

Jardim Botânico do Recife

Sábado (7)

9h – Caminhada Ecológica da Comadre Florzinha
10h – Tangram Ambiental

11h – Jogo das Palavras Ambientais

13h30 – Caminhada Ecológica – na trilha da biodiversidade

14h30 – Faz de conto: contação de histórias em Cordel

15h30 – Vivência ambiental musical “Mesa sonora”

16h – Encerramento

Domingo (8)

9h – Caminhada Ecológica: Trilha Selvagem

10h – Oficina de criação: repelente natural

11h – O Meio que se conta: “A maior flor do mundo”

13h30 – Caminhada Ecológica: Trilha Cega

14h30 – O Meio que se conta: contação de histórias “Ribe do Capibaribe”

15h – Cine Ambiental no Econúcleo

15h30 – Encerramento

Jardim Botânico do Recife

BR ­232, km 7,5 – Curado

De terça a domingo, das 9h às 15h30

Entrada: gratuita

TURISMO E LAZER

Olha! Recife ressalta influência de diversos povos na capital

No domingo (8), o Olha! Recife realiza visita ao Centro do Recife para mostrar as referências de diversos povos que passaram pela cidade. Raízes que fazem diferença na história da cidade, na gastronomia e também na arquitetura.

Os participantes poderão conhecer alguns locais que guardam a memória da presença de diversos povos na cidade. Com saída da Praça do Arsenal, às 9h, o roteiro passará pela Rua do Bom Jesus, Ponte da Boa Vista, Estação Central do Metrô, Palácio do Campo das Princesas.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente, a partir desta sexta-feira (6) pelo site www.olharecife.com.br. É solicitado que os participantes levem, no dia do passeio, leite em pó, que será doado para instituições de caridade.

SERVIÇO

Olha! Recife a pé (domingo)

Tema: Povos do Recife

Dia: 08/09

Hora: 09h

Saída: Praça do Arsenal (Posto de Informações Turísticas), Recife Antigo

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »