Heitor Dutra estreia exposição hoje (10), no Museu Murillo La Greca

Heitor Dutra estreia exposição hoje (10), no Museu Murillo La Greca

Publicado em 10/09/2019 por Revista algomais às 13:24
Fotos: Aline Mariz/Divulgação

A partir de diferentes técnicas de pintura e colagem, artista investiga o corpo em sua primeira exposição individual, promovendo diálogos entre a história da arte europeia canônica e a cultura pop. Exposição é gratuita e fica em cartaz até o dia 28 de setembro, no museu gerido pela Prefeitura do Recife

Investigando o corpo a partir de diferentes técnicas de pintura e colagem, o artista plástico Heitor Dutra estreia, amanhã (10), sua primeira individual no Museu Murillo La Greca, equipamento gerido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife. A Exposição Escola de Artes Aplicadas, que fica em cartaz até o dia 28 de setembro, conta com curadoria e colaboração artística de Daniel de Andrade Lima e traz um corpo de obras inéditas, produzidas especificamente para o conjunto da exposição.

As obras, predominantemente figurativas, jogam com diversas referências do repertório visual contemporâneo, estabelecendo diálogos com a história da arte europeia canônica, mas também com produtos midiáticos da cultura pop, com estéticas das artes queer e com materiais industriais de produtos de consumo.

Mas todos esses caminhos levam ao corpo: a partir de diferentes modos de pintar e de compor, Heitor Dutra fabula diversamente o corpo masculino, jogando com repertórios de culturas homoeróticas e com as figuras que habitam o imaginário das obras neoclássicas.

Em sua criação, Heitor Dutra tem trabalhado principalmente com técnicas da pintura e da colagem, especialmente preocupado com os métodos de composição oriundos dos dois procedimentos. O artista, assim, volta parte de sua atenção para a fisicalidade dos materiais com quais trabalha, interessado nas possibilidades que a tinta oferece em termos de volume, densidade e relevo e que a colagem possibilita na junção de peças, imagens e texturas provenientes de diferentes fontes.

As pinturas foram criadas a partir de uma parceria com Daniel de Andrade Lima, que atuou como modelo vivo e também como curador.

Risco! – No próximo dia 16 de setembro, a exposição contará com uma sessão aberta de desenho de modelo vivo, com o Risco!, grupo de desenho e performance que já expôs no La Greca e não perdeu mais o vínculo com o museu.

No dia 28 de setembro, enceramento da exposição, será oferecida mais uma atividade: uma roda de conversa com a professora Oriana Duarte, do Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade Federal de Pernambuco, e com os artistas Heitor Dutra e Daniel de Andrade Lima.

Sobre os artistas – Heitor Dutra é artista plástico, bacharel em Cinema e Audiovisual e mestrando no Programa em Pós-Graduação em Design da Universidade Federal de Pernambuco. Em sua trajetória, participou de ações formativas, como o curso Procedência e Propriedade (curso de desenho de observação) com Charles Watson, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, e atuou como pesquisador e performer no grupo recifense UM Coletivo.

Nas artes visuais, tomou parte do projeto Risco! Atelier Aberto, coordenado por Bruna Rafaella Ferrer, e constituiu a exposição Feira Rosenbaum, na Galeria Amparo Sessenta, com curadoria de Aslan Cabral e Lúcia Santos. Atualmente, estabelece-se no Ateliê Pangeia, no centro do Recife.

Daniel de Andrade Lima é artista, comunicador e mestre em comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente, cursa doutorado em comunicação na mesma instituição e é pós-graduando no Sistema Laban-Bartenieff de estudos do movimento, pela Faculdade Angel Vianna (Rio de Janeiro).

Tem uma trajetória especificamente relacionada com artes da cena e performance, sendo integrante e cofundador do UM Coletivo, em que dirigiu e atuou em espetáculos como “Concerto para corpos variáveis” (2014), “Estou Farto de Semideuses” (2016) e “Onze” (2017). Produziu e dirigiu também o projeto de pesquisa “UM Coletivo: pesquisas sobre corpo, som e notações” (2016-2017), contemplado pelo Funcultura 2015/2016.

Serviço

Exposição Escola de Artes Aplicadas, por Heitor Dutra

Local: Museu Murillo La Greca (Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim)

Abertura: 10/09, às 19h

Exposição: 11/09 a 28/09

Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 09 às 12h e das 14 às 17h

Sábados, das 15 às 18h

Classificação Indicativa: 16 anos

Agendamentos de Visitas

Email: educativommlg@gmail.com

Telefone: (81) 3355-3126

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »