Música erudita em pleno São João

Música erudita em pleno São João

Publicado em 18/06/2019 por Revista algomais às 15:41

Nestas terça (18) e quarta-feira (19), a Orquestra Sinfônica do Recife fará apresentações gratuitas no Teatro de Santa Isabel, com repertório protagonizado pelo compositor alemão Johannes Brahms

Nem tudo é forró no mês de junho. Nestas  terça (18) e quarta-feira (19), a sanfona dá lugar a diversos outros instrumentos na programação do Teatro de Santa Isabel, que celebra a música erudita em dois dias de programação gratuita protagonizada pela Orquestra Sinfônica do Recife e oferecida pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Na terça-feira (18), a partir das 10h, a Orquestra recebe crianças e jovens estudantes da cidade e da Região Metropolitana para uma verdadeira aula sobre compositores, composições e sonoridades da música erudita. O projeto Concertos para Juventude foi idealizado pelo regente Marlos Nobre para formar novas gerações de plateias para a música erudita. Escolas e grupos interessados devem agendar a visita pelo telefone (81) 3355-3323.

O concerto oficial, gratuito e aberto ao público, será na noite de quarta-feira (19), a partir das 20h. O programa preparado pelo maestro Marlos Nobre celebrará a obra de Johannes Brahms (1833-1897), um dos mais importantes compositores do romantismo musical europeu.

Dele, serão executadas a Sinfonia Nº 1 em Dó Menor, Opus 68, e a Abertura Trágica para Orquestra, Opus 81. “A primeira Sinfonia de Brahms foi a que teve um período de gestação e finalização mais lenta, tendo sido iniciada em 1862 e concluída em 1876, quando o compositor já tinha já 43 anos. Com ela, o compositor alemão confirma seu lugar na linhagem dos grandes sinfonistas, ao criar sua primeira obra-prima. Se a obra não tivesse sido escrita, não existiriam as grandes sinfonias de Tchaikovsky, Dvórak ou Sibelius, só para citar alguns de seus grandes sucessores no gênero”, assegura Marlos Nobre.

Sobre a Abertura Trágica, Nobre acrescenta: “Caracteriza-se pela nobreza, dramaticidade e um toque de profunda tristeza e até mesmo, em certos momentos de clímax, de certo terror”. A obra, conta o maestro, guarda uma curiosidade: “Brahms provavelmente escreveu esta Abertura Trágica como um Prelúdio para a produção vienense da peça ‘Fausto’ de Goethe, a ser apresentada no Burgtheater, em Viena. Mas, como tal produção não aconteceu, o compositor decidiu transformar a obra numa Abertura sinfônica independente”.

Os ingressos para o concerto serão distribuídos gratuitamente na bilheteria do teatro, no dia do concerto, a partir das 19h.

Serviço

Concertos para Juventude

Data: Terça-feira, 18 de junho

Horário: 10h

Local: Teatro de Santa Isabel, Praça da República, s/n, Bairro de Santo Antônio

Inscrições: 3355-3323

Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica do Recife

Data: Quarta-feira, 19 de junho

Horário: 20h

Local: Teatro de Santa Isabel

Entrada franca

Informações: 3355-3322

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »