Recife celebra Dia Nacional e Municipal do Samba

Recife celebra Dia Nacional e Municipal do Samba

Publicado em 30/11/2019 por Revista algomais às 9:32
Pátio de São Pedro e Pagode do Didi, em Santo Antônio, vão ter programação especial em homenagem ao ritmo, no dia 2 de dezembro

A capital pernambucana celebra um dos gêneros musicais mais representativos da cultura nacional. Com apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, dois eventos vão marcar o Dia Nacional e Municipal do Samba. Na segunda (2), o Pátio de São Pedro recebe Belo Xis e Wellington do Pandeiro. No coração do bairro de Santo Antônio, o tradicional Pagode do Didi será programação especial em celebração à data e a seu criador – Vlademir Ferreira, Patrimônio Vivo de Pernambuco.

“Para nós, é uma alegria muito grande manter viva essa tradição, em uma das cidades brasileiras que mais consome samba no país”, destaca Belo Xis, homenageado do Carnaval do Recife 2019. Além dele e Wellington do Pandeiro, sobem ao palco, a partir das 19h, Carla Rio, Ramos Silva, Ana Xis, Luíza Pérola, Ely Peroais, Leno Simpatia, Cibely Alves, Gracinha do Samba, entre outros.

Considerado o quartel general do samba no Recife, o Pagode do Didi já recebeu a presença de importantes nomes nacionais, a exemplo de Bezerra da Silva, Arlindo Cruz e Fundo de Quintal. Também ali surgiram e passaram boa parte dos melhores talentos do estilo, em Pernambuco. O espaço é mantido na rua Ulhôa Cintra, no bairro de Santo Antônio (por trás dos Correios), desde 1981, por Vlademir Ferreira, o seu Didi.

Durante a semana, ocorrem rodas de samba às segundas, quintas e sextas, abertas ao público. No dia da grande celebração ao mais brasileiro dos ritmos, uma estrutura especial estará montada para receber a primeira reunião musical de bambas, a partir das 17h.

Seu Didi será homenageado por nomes como Lucinha Guerra, Nanau Nascimento, Gerlane Gell, Maria Pagodinho, Manoelzinho da Gigante, Flávio Araújo, Barata do Cavaco, Everton GG, Cris Galvão, China Sambay e Taiguara Borges – representante da nova geração. Ademir Araújo vai mostrar que além do frevo é bom com samba de gafieira – o maestro Formiga, como também é conhecido, apresenta uma composição do gênero na Ulhôa Cintra.

Com dois discos lançados, o grupo Terra completa 27 anos de carreira em dezembro. O atual sexteto já abriu shows de Almir Guineto, Lecy Brandão, Jorge Aragão, Jovelina Pérola, entre outros grandes nomes do samba. Nesta segunda, o Terra encerra a noite de celebrações ao samba e a seu Didi.

Serviço

Dia Nacional do Samba no Recife – Segunda, 2 de dezembro

Local: Pátio de São Pedro

Horário: a partir das 19h

Atrações: Belo Xis, Wellington do Pandeiro, Carla Rio, Ramos Silva, Ana Xis, Luíza Pérola, Ely Peroais, Leno Simpatia, Cibely Alves, Gracinha do Samba e muito mais.

Dia Nacional do Samba – Homenagem a Didi

Data: 2 de dezembro – segunda-feira

Local – Pagode do Didi – rua Ulhoa Cintra – Santo Antônio

Horário – 17h

Atrações – Rodas de samba do Pagode do Didi, convidados especiais e apoteose com o Grupo Terra

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »