Simone vem ao Recife cantar Ivan Lins

Simone vem ao Recife cantar Ivan Lins

Publicado em 08/11/2019 por Revista algomais às 7:32
Show, dia 14 de novembro, comemora parceria de mais de quatro décadas. (Foto: Marcelo Branco)

Simone e Ivan Lins rodaram o País em 2018 com um show de sucesso em que dividiam o palco, celebrando parceria de mais de 40 anos. Agora, é a vez da baiana festejar aquelas canções com o espetáculo “Simone canta Ivan Lins”. O show, que estreou em julho de 2019 em São Paulo e seguiu para o Rio de Janeiro, chega ao Teatro Guararapes dia 14 de novembro. A turnê passa ainda por Fortaleza e Belo Horizonte antes de voltar para SP/RJ.

A direção geral é de Zélia Duncan (que acaba de ser indicada ao Grammy Latino por “Tudo é um”). A direção musical tem assinatura de Delia Fischer (também indicada ao prêmio pelo disco “Tempo mínimo”), com cenários e figurinos de Simone Mina. No show “Simone canta Ivan Lins”, o repertório trará “Começar de novo”, “Antes que seja tarde”, “Desesperar”, “Atrevida”, “Bilhete”, “Daquilo que eu sei” e “Tens (Calmaria)”, entre outros clássicos. A artista estará acompanhada dos músicos Marco Brito (teclados/violão/vocais), Lui Coimbra (violoncelo/violões/vocais), Bruno Migliari (baixos/vocais), Christiano Galvão (bateria) e Thiago da Serrinha (percussão/cavaquinho/bandolim).

PARCERIA – Já em seu álbum de estreia, Simone gravou uma canção de Ivan Lins, “Chegou a hora”. Desde então, as carreiras desses dois ícones da MPB se cruzaram muitas vezes. Como que seguindo a mensagem contida em “Começar de novo” (um clássico da dupla Ivan Lins e Vitor Martins também lançado pela cantora baiana), eles têm se reencontrado, sempre renovados, prontos para novos desafios. Em 2004, no disco “Baiana da gema”, Simone interpretou 13 canções então inéditas, especialmente escritas para ela por Ivan e um fabuloso leque de parceiros (como Vitor Martins, Paulo César Pinheiro, Joyce, Martinho da Vila, Aldir Blanc).

SIMONE – Nascida em Salvador, a “baiana da gema” Simone Bittencourt de Oliveira mostrou desde cedo a paixão pela música. Talento que, durante a adolescência e a juventude, dividiu com o basquete – como jogadora profissional, ela foi convocada duas vezes para a seleção brasileira, participando do campeonato mundial em 1971. No ano seguinte, para a sorte da MPB, após uma contusão, ela trocou as quadras pelos estúdios da Odeon, onde gravou seu álbum de estreia, lançado em março de 1973. O primeiro de uma grande obra, que a consagrou como uma das mais expressivas vozes da canção brasileira e a maior vendedora de discos nos anos 1980.

SERVIÇO

“Simone canta Ivan Lins”

Dia 14 de novembro (quinta), às 21h

Teatro Guararapes – Centro de Convenções de Pernambuco

Informações: (81) 3182.8020

Ingressos:

Plateia: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia)

Balcão: R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »