Audiência Pública do PDUI/RMR já entra em sua 10º edição

Audiência Pública do PDUI/RMR já entra em sua 10º edição

Publicado em 10/07/2019 por Revista algomais às 12:11

Os municípios de Itapissuma e Ilha de Itamaracá, no litoral norte metropolitano, realizaram as Audiências Públicas do Plano de Desenvolvimento Integrado Urbano da Região Metropolitana do Recife – PDUI/RMR. Com isto totalizaram 10 edições deste evento, que objetiva divulgar o plano e colher contribuições da população que devem ser incorporadas ao documento que estabelece diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano e regional.

Nesta terça-feira, 10.07, a equipe da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, que coordena a ação, promoverá a Audiência Pública em Igarassu, no auditório da Escola Técnica Estadual, a partir das 9 horas. A presidente da entidade, Sheilla Pincovsky, comentou sobre a importância das contribuições para o processo de construção do PDUI/RMR: “Este é um plano da sociedade metropolitana”.

A Audiência Pública em Itapissuma ocorreu no Centro Urbano Dom Lamartine, com a presença de representantes do poder público e da sociedade civil. A exemplo dos demais municípios que já realizaram o evento, além da apresentação do diagnóstico preliminar da região, aconteceu um debate a respeito das reivindicações da população.

O secretário de Planejamento, Yaritan Ribeiro, representou o prefeito do município, José Bezerra Tenório. Ele falou que o município vem se destacando com relação a educação e segurança pública, entre os demais da RMR, “a meta é continuar dentro deste quadro e também ampliar o modelo para os municípios vizinhos”. Entre as principais contribuições dos participantes destacaram-se : a proteção do meio ambiente, melhoria do abastecimento de água e do esgotamento sanitário, além da destinação final dos resíduos sólidos. Jeferson Menezes, técnico da prefeitura, registrou a necessidade da implantação do 26º Batalhão na sede do centro de treinamento.

Na Ilha de Itamaracá, a reunião foi realizada no Clube Municipal , com a presença de mais de setenta pessoas. A diretora de Planejamento e Ordenamento Territorial da Condepe/ Fidem, Sônia Calheiros, representou a presidente Sheilla Pincovsky. O secretário de Planejamento, Ewerton Miranda, representou o prefeito Mosar Barbosa Filho. Ele comentou que a ocasião era propícia para que cada munícipe pudesse falar sobre suas demandas de melhoria junto ao governo do estado, “todas serão anotadas e avaliadas para se saber a capacidade técnica e inseri-las no plano”.

O arquiteto e assessor da prefeitura Francisco Aguiar entregou um volume de um trabalho de planejamento de ações com perspectiva para 20 anos, que foi feito pela prefeitura local. “Este trabalho tem uma visão regional, não apenas da Ilha de Itamaracá, mas de planejamento estratégico da região e poderá servir de subsídio para o PDUI/RMR”, contou o gestor.

O principal foco das discussões entre os presentes foi a questão ambiental e o potencial turístico do município. O representante do projeto Tartaruguitas, Nadilson Silva, comentou que o potencial de turístico ecológico de Itamaracá ainda não foi explorado, e que este é um diferencial, porém se deve ter o cuidado com a preservação ambiental.

O diretor de Governança Metropolitana Interfederativa da Condepe/Fidem, Luiz Quental Coutinho, coordenou a segunda mesa. O consultor Geraldo Marinho apresentou o diagnóstico preliminar do território. Também estavam presentes técnicos do governo do estado.

(Do blog do Governo do Estado)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »