Grupo SADA vai investir R$ 110 milhões e gerar 300 empregos
Rafael Dantas

Grupo SADA vai investir R$ 110 milhões e gerar 300 empregos

Publicado em 19/02/2020 por Revista algomais às 19:00

A Sada Transportes, que é a operadora logística do grupo Fiat Chrysler Automobiles, assinou um protocolo de intenções para ampliar os investimentos no Estado. A empresa anunciou o aporte de R$ 110 milhões para a construção de um novo terminal logístico e de uma usina de geração de energia solar. AA operação dessa expansão irá gerar mais 300 empregos diretos e indiretos nos próximos cinco anos.

“As obras já iniciaram. Até julho terminaremos terraplanagem e até dezembro deste ano o nosso objetivo é construir a primeira etapa dessa ampliação”, afirmou Marcelo Loureiro, gerente regional de operações da Sada. A empresa faz a distribuição dos veículos no Norte e Nordeste, que saem da fábrica de Goiana. Outra unidade do grupo, instalada em Minas Gerais, distribui os veículos comercializados no Sul e Sudeste.

O grupo está no Estado há quase uma década e desde 2015 trabalha com a FCA. “Desde a nossa chegada estamos acompanhando a trajetória de desenvolvimento do Estado e a transformação de Goiana. Nos sentimos confortáveis em fazer esse investimento, tanto para acompanhar movimento da FCA (que anunciou investimento no final do ano passado), como todo o desenvolvimento de Pernambuco. Como o grupo coloca sempre em primeiro lugar a sustentabilidade dos negócios e  das operações, faremos também o investimento em energia fotovoltaica”, anunciou Loureiro.

A partir do anúncio de ampliação da FCA, o Grupo SADA adquiriu uma nova área de 63 hectares ao lado da fábrica. Nela funcionará essa unidade de geração de energia solar, com a capacidade de 5 MWh. Com o investimento do grupo, a Sada passará a oferecer os serviços de unidade de PDI (Pre-delivery Inspection), para revisão de entrega dos veículos; transporte de veículos; carga geral, armazenagem e distribuição, unitização e desconsolidação de contêiner.

De acordo com o secretário executivo de Infraestrutura e Atração de Investimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Sdec), Felipe Mançano, o Governo do Estado acelerou o trabalho de atração de empreendimentos conectados ao pólo automobilístico, após o anúncio bilionário da ampliação da Fiat. “O anúncio do investimento da Fiat provocou toda a cadeia de fornecedores e gerou oportunidades para a gente. Fizemos a aproximação para viabilizar a vinda da Sada. Estamos monitorando outras oportunidades. Há vários investimentos em potencial que são esperados para o pólo”.

Um dos movimentos do Governo de Pernambuco para facilitar a vinda da Sada, por exemplo, foi a alteração de uma legislação que facilitar a subcontratação de transportadoras, com o pagamento de um frete único, que era uma demanda do grupo.

As oportunidades geradas serão diretamente no apoio logístico, em postos como motorista, conferentes e amarradores, de acordo com informações do Grupo Sada.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »