Procon Recife divulga pesquisa de preços e dá dicas para o Black Friday

Procon Recife divulga pesquisa de preços e dá dicas para o Black Friday

Publicado em 29/11/2019 por Revista algomais às 9:35
Pesquisa do órgão alerta para manipulação de valores na grande promoção

O Procon Recife alerta os consumidores para a manipulação de preços na maior liquidação anual de produtos, a Black Friday, que será realizada nesta sexta-feira, 29. Para ajudar a população a fazer escolhas mais conscientes, o órgão realizou quatro pesquisas de preços desde 1º de outubro em (clique aqui/anexo) para averiguar se as lojas irão se valer de manipulações sobre os valores dos produtos e dá dicas para o consumidor evitar as armadilhas das promoções.

Durante a Bkack Friday, as as lojas participantes – físicas e online – oferecem descontos que podem chegar até 80% do valor original, o que aumenta o volume das vendas e, em consequência, o número de problemas e reclamações. É preciso, portanto, observar se o preço está realmente abaixo do que vinha sendo praticado. “O consumidor deve ficar atento se a oferta tem um preço extremamente baixo” alerta a presidente do Procon Recife, Ana Paula Jardim.

A dica é pesquisar o preço, as condições e as especificações do produto. Caso o consumidor encontre alguma irregularidade, ele deve denunciar a fraude junto ao Procon Recife, por meio das redes sociais – instagran e facebook -, pelo email procon@recife.pe.gov.br e por meio do número 0800 281 1311. O órgão também terá equipes de fiscalização e de plantão, das 8 as 18h, por qualquer um desses canais citados.

Confira as dicas do Procon Recife:

·Evite clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais de preferência digite o endereço do site.

·Use o computador com programa de antivírus, rede de conexões seguras e acesse sites confiáveis em ambientes protegidos.

·Fique vigilante em relação ao sistema de segurança oferecido pela loja virtual.

·Evite compras que só aceitam pagamentos em boleto bancário. É preciso desconfiar de quem apenas vende por essa modalidade nas compras a distância.

·O consumidor que adquire produtos em loja on-line, por telefone ou catálogo tem o chamado direito de arrependimento.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »