De olho no futuro da indústria, SENAI-PE investe em laboratórios maker

De olho no futuro da indústria, SENAI-PE investe em laboratórios maker

Publicado em 05/02/2020 por Revista algomais às 11:12

Dia após dia, a indústria brasileira precisa de novas soluções para suas demandas. Para garantir que os futuros profissionais estarão aptos a oferecerem respostas para essas novas necessidades, o SENAI Pernambuco está estruturando laboratórios de fabricação digital em cinco de suas escolas. Batizados de SENAI Lab, os espaços serão equipados com máquinas que poderão ser utilizadas por docentes e alunos no desenvolvimento e na execução de projetos.

Além de Petrolina, serão contempladas com o projeto: Areias, Santo Amaro, Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho. Somente com a compra de equipamentos, o investimento soma cerca de R$ 250 mil.

A ideia é que os locais funcionem como verdadeiros laboratórios de prototipagem, possibilitando que os alunos coloquem a mão na massa para criar seus próprios objetos e, literalmente, tirar seus projetos do papel. Para isso, cada uma das escolas recebeu uma máquina que funciona como impressora 3D, fresadora e cortadora a laser, além de duas plotters, equipamentos capazes de imprimir trabalhos repletos de detalhes em grandes dimensões.

Toda essa estrutura já existe desde 2018 no SENAI Caruaru, primeira escola técnica da rede no Estado a receber o SENAI Lab. Na época, o laboratório foi custeado pelo SENAI Nacional, que, por meio de um edital, selecionou diversas unidades do País para receberem o projeto. Agora, a expansão visa atender da melhor forma a crescente inserção de tecnologias habilitadoras para a Indústria 4.0 no chão de fábrica e as novas demandas que são apresentadas pelo setor produtivo.

Além dos equipamentos, todos os ambientes serão estruturados de forma a estimularem a criatividade, o trabalho em equipe e a inovação dentro das escolas. “Esse projeto está alinhado com a própria filosofia de ensino do SENAI, que é a de ter o aluno como protagonista do seu aprendizado e de enxergar os erros e os acertos como passos desse crescimento”, explica a diretora Regional do SENAI Pernambuco, Camila Barreto. A expectativa é que todos os ambientes sejam finalizados ainda neste semestre.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »