Estudantes da rede do Recife são tricampeões na Olimpíada Brasileira de Robótica

Estudantes da rede do Recife são tricampeões na Olimpíada Brasileira de Robótica

Publicado em 01/11/2019 por Revista algomais às 7:12
A equipe The Monsters, da Escola Municipal Pedro Augusto, conquistou o primeiro lugar da competição e a vaga para disputar o mundial em Portugal, no próximo ano. Com a premiação, será a 5ª experiência de alunos da rede em mundiais. (Foto: Divulgação PCR)

Os alunos da rede municipal de ensino do Recife são tricampeões nacionais da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A equipe The Monsters, da Escola Municipal Pedro Augusto, conquistou o primeiro lugar da OBR e a vaga para disputar o mundial em Portugal, no próximo ano, na competição Robocup Junior. Com a premiação, em 2020 os alunos da rede acumularão a 5ª experiência em mundiais, além do título de tricampeão nacional da OBR (2015, 2016 e 2019), prêmio de Melhor Estratégia Resgate nível 1 e de Divulgação Científica nível 2 (Equipe Legião Robot).

A disputa aconteceu neste fim de semana, na cidade de Rio Grande (RS), dentro do evento Robótica 2019, que abarcou ainda a Latin American Robotic Competition (Larc) e a Mostra Nacional de Robótica (MNR). No total, uma delegação de 23 estudantes participaram do evento, um dos mais importantes da América Latina nas áreas de robótica e inteligência artificial.

As equipes Poetas Robóticos e DMC Evolution, das escolas municipais Poeta Jonatas Braga e Padre Antônio Henrique, conquistaram o segundo e quarto lugar, respectivamente. “O destaque para esses meninos vai além da técnica. Foi muito emocionante testemunhar humildade, parceria, união e o espírito esportivo deles. Educar é essa soma de valores. O acúmulo de experiências nas competições de robótica incentiva esses estudantes a investirem em pesquisa e desenvolvimento, além de participarem de programas de intercâmbio e troca de experiência com colegas do exterior. Nós estamos investindo no futuro deles”, destacou Bernardo D´Almeida, secretário de Educação do Recife.

O desafio da Olimpíada Brasileira de Robótica foi a categoria Resgate. Durante a disputa, os robôs programados pelos estudantes do nível 1 (4º ao 8º ano) resgataram uma “vítima”, representada por uma bolinha, para a área de salvamento. Já os alunos do nível 2 (8º e 9º ano) deram continuidade à competição, suspendendo a “vítima” (representada pela bola) e colocando-a em uma área segura. Essa etapa foi disputada pela equipe Legião Robot, da Unidade de Tecnologia e Cidadania (Utec) Cordeiro. Os alunos recifenses também disputaram a Latin American Robotic Competition (Larc), pela primeira vez na categoria Soccer. A equipe The Hackers Soccer, do Clube de Robótica do Centro de Educação, Tecnologia e Cidadania (Cetec) da Prefeitura do Recife, ficou em terceiro lugar. Eles competiram com dois robôs jogadores de futebol, um atacante e um goleiro.

No espaço da Mostra Nacional de Robótica (MNR), foram apresentados quatro projetos: o Eco Barco, um protótipo automatizado, que tem como proposta solucionar a poluição dos rios; o Clear Space, uma base lunar para o reaproveitamento do lixo espacial; a Frevobótica, um robô que dança ao som do frevo; e o drone como ferramenta no processo de aprendizagem.

HISTÓRICO – Em 2014, os estudantes da Prefeitura do Recife participaram como convidados da competição que aconteceu na Rússia, já por conta do destaque do aprendizado em robótica. Em 2016 e em 2017, os estudantes estiveram na Robocup – Campeonato Mundial de Robótica e ficaram entre os oito melhores na Alemanha e no Japão, respectivamente. Nos próximos dias 8 e 10 de novembro, os estudantes da rede municipal de ensino do Recife participam da Word Robot Olympiad (WRO) – na categoria Júnior, na cidade de Győr, na Hungria. No âmbito nacional, eles já conquistaram o primeiro lugar da OBR Nacional (2015, 2016) e, em 2017 e 2018, o segundo e o terceiro lugar na mesma competição. Na competição Larc, em 2016, eles ficaram em quarto lugar; em 2017 ficaram em terceiro lugar; e, em 2018, em sexto lugar.

 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »