PGE-PE dá início ao Projeto Aurora, de inteligência artificial

PGE-PE dá início ao Projeto Aurora, de inteligência artificial

Publicado em 08/03/2020 por Revista algomais às 5:10
Foto: Divulgação

Procuradores do Estado, ao lado de alunos e professores da Universidade de Pernambuco (UPE) e em parceria com a Ag√™ncia Estadual de Tecnologia da Informa√ß√£o (ATI-PE), iniciaram nesta semana o Projeto Aurora, para desenvolvimento de solu√ß√Ķes de intelig√™ncia artificial para a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE). Durante este semestre, quatro procuradores da Procuradoria da Fazenda Estadual (PFE) participar√£o do Programa Sala de Aula Aberta, da UPE, frequentando a disciplina Computa√ß√£o Inteligente, no Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Engenharia da Computa√ß√£o da UPE (PPGEC).

Os mestrandos e doutorandos da turma estar√£o exclusivamente dedicados a desenvolver solu√ß√Ķes de intelig√™ncia computacional a partir dos problemas e desafios apresentados pelos procuradores Fernanda Braga, Bruno Lemos, Andr√© Barros Leite e Rodolfo Cavalcanti. Segundo o professor Fernando Buarque, coordenador do programa e professor da disciplina, a previs√£o √© que, ao fim do semestre, sejam mostrados os primeiros resultados do Projeto Aurora.

O procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis, ressalta que o investimento em tecnologia é uma das prioridades da PGE-PE e que os resultados obtidos com o Projeto Aurora, que será direcionado à recuperação do crédito, serão posteriormente expandidos para as demais Procuradorias especializadas.

A primeira aula do grupo ocorreu nesta quarta-feira (4/3). Para a procuradora-chefe da PFE, Fernanda Braga, ‚Äú√© um enorme privil√©gio participar de um projeto que conjuga pesquisa cient√≠fica de ponta e efici√™ncia administrativa‚ÄĚ. ‚ÄúAs aulas agregam profissionais e estudantes de forma√ß√Ķes distintas e essa pluralidade enriquece a pesquisa e amplia muito as possibilidades de solu√ß√Ķes. A PFE √© grata ao professor Fernando, √† UPE e aos alunos pela oportunidade de ter toda uma turma dedicada a desenvolver ferramentas de intelig√™ncia computacional para o trabalho de recupera√ß√£o da d√≠vida ativa e combate √† fraude estruturada‚ÄĚ, afirma.

O primeiro integrante da PGE-PE a participar do Programa Sala de Aula Aberta foi o procurador do Estado Andr√© Barros Leite, que desenvolveu em 2018 o projeto ‚ÄúOtimiza√ß√£o de meios de cobran√ßa da D√≠vida Ativa do Estado‚ÄĚ. A experi√™ncia resultou em ferramentas que passaram a ser utilizadas no trabalho do N√ļcleo de D√≠vida Ativa da PFE, do qual √© coordenador.

No encontro desta quarta, estiveram presentes ainda o coordenador de Sistemas da Unidade de Inform√°tica da PGE-PE, √Ālvaro Pinheiro, respons√°vel pelo Laborat√≥rio de Intelig√™ncia Governamental (LiGov) da Procuradoria e doutorando em Engenharia da Computa√ß√£o na UPE, al√©m dos integrantes do LiGov-PGE-PE Edinaldo J√ļnior, graduando em Engenharia da Computa√ß√£o na UPE; Marcelo Lacerda, doutorando em Ci√™ncia da Computa√ß√£o na UFPE; e Jo√£o Luiz Vilar Dias, doutorando em Engenharia da Computa√ß√£o na UPE.

Instalado em maio de 2019, o LiGov da PGE-PE √© o primeiro do Estado e sua equipe j√° construiu 11 rob√īs para automatiza√ß√£o de processos que possibilitaram a agiliza√ß√£o do trabalho dos procuradores. Tamb√©m desenvolveu 17 pain√©is, com o uso de tecnologias de Business Inteligence, para produ√ß√£o de relat√≥rios, processamento, gerenciamento, minera√ß√£o e an√°lise de dados.

CORREGEDORIA ‚Äď O Sala de Aula Aberta tamb√©m conta neste semestre com a participa√ß√£o da corregedora-geral da PGE-PE, Socorro Brito, na disciplina Intelig√™ncia Artificial, na gradua√ß√£o em Engenharia da Computa√ß√£o da UPE. A mat√©ria √© ministrada pelo professor Fernando Buarque e integra o est√°gio-doc√™ncia de √Ālvaro Pinheiro.

‚ÄúA primeira aula foi √≥tima e j√° apontou que a perspectiva √© desenvolver um bom trabalho. Nosso objetivo √© utilizar a IA para criar mecanismos que possibilitem realizar a avalia√ß√£o de produtividade dos procuradores de forma unificada‚ÄĚ, informou Socorro Brito, que apresentou o projeto com √Ālvaro Pinheiro. Participou ainda da aula, na ter√ßa-feira (3/3), Tiago Ramos, graduando em Engenharia da Computa√ß√£o na UPE.

SALA DE AULA ABERTA ‚Äď O Programa Sala de Aula Aberta √© uma metodologia de ensino-aprendizagem desenvolvida pelo PPGEC da UPE desde 2017, na qual representantes da sociedade civil, empresas ou √≥rg√£os p√ļblicos participam das aulas do mestrado e doutorado levando problemas reais, para os quais os alunos prop√Ķem solu√ß√Ķes de intelig√™ncia computacional.

Em 2018, a UPE fechou conv√™nio com a ATI para ampliar a participa√ß√£o no programa dos gestores p√ļblicos de √≥rg√£os que desejem prospectar solu√ß√Ķes especializadas e complexas no campo da minera√ß√£o de dados e da intelig√™ncia artificial. Os projetos desenvolvidos ficam dispon√≠veis no reposit√≥rio LiGov, hospedado na ATI.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conte√ļdo da Revista Algomais sem limites
Assine »