Evento discute soluções tecnológicas e de gestão para contornar a crise da educação

Evento discute soluções tecnológicas e de gestão para contornar a crise da educação

Publicado em 23/07/2020 por Revista algomais às 12:43
Evento gratuito, realizado pela empresa Lumi Consult, contará com time de especialistas de todo o País para tratar sobre questões como evasão, inadimplência e isolamento social. Luciano Meira (foto) será um dos palestrantes.

O escasseamento de recursos do Fies, a “evasão e inadimplência” em escolas e universidades e o desgaste institucional em torno da prorrogação do Fundeb são fatores que agravam a crise do setor de educação no país. Em meio a esse panorama, gestores e empresários de educação têm corrido atrás de estratégias de inovação nos negócios e capacitação tecnológica para garantir matrículas e manter austeridade financeira de suas empresas. Essas são algumas das discussões que vão pautar o I Meeting Nacional de Educação em Cenários de Transformação – Os desafios da Educação no Novo Cenário, nos dias 28 e 29 deste mês, com inscrições gratuitas, pela internet, e transmissão ao vivo pela ferramenta Zoom e pelo YouTube. O evento é organizado pela empresa Lumi Consult, que presta serviços de consultoria e planejamento para o setor.

“A perspectiva é de que neste segundo semestre as famílias tenham uma perda brutal de receita, ainda maior que nos últimos cinco meses. As universidades particulares, em especial, vão sofrer com a queda no ingresso de novos alunos, inadimplência das matrículas antigas e trancamentos. O que precisamos encarar é como uma instituição de ensino superior pode manter a qualidade acadêmica e a absoluta austeridade financeira, entregando aulas que garantam a qualidade da aprendizagem neste contexto”, destaca um dos palestrantes do encontro, o educador e empresário Victor Mirshawka Junior.

O encontro será dividido em dois blocos. O dia 28 contempla o eixo “Desafios”. O painel 1, que começa às 17h30, traz o tema “Tecnologia, Inovação e Educação”, a ser debatido por Luciano Meira e Victor Mirshawka Jr. Luciano é PhD em educação matemática, pesquisador em cognição e educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e coordenador de Ciência e Inovação da Joy Street, empresa que desenvolve tecnologias educacionais no ecossistema do Porto Digital.

“Apesar de toda a quebradeira que ainda vai ocorrer no país frente à falta de apoio às pequenas e médias empresas, eu acho que empresas com forte ênfase em tecnologias digitais, como as que estão no Porto Digital, sairão mais fortes desse cenário, em especial aquelas que investem em educação”, avalia Meira.

Ainda no dia 28, o painel 2, “Inteligência de Negócios, Dados e Privacidade na Educação”, traz para a discussão o executivo em educação superior Rodrigo Bouyer, da Brand Üniversity, de São Paulo. A empresa tem um sistema próprio de business intelligence voltada a desenhar soluções para o setor de educação. “Há um risco de 30% das faculdades de hoje deixarem de existir pós-Covid, caso não haja qualquer salvaguarda do governo federal para ajudar essas instituições a não naufragarem. E no ensino básico também temos sentido a consolidação do mesmo caminho”, alerta Bouyer, que será acompanhado no painel pelo advogado e chefe de gabinete da reitoria da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Rodrigo Pellegrino.

Mediador dos debates e executivo da Lumi Consult, empresa que tem apoiado o desenvolvimento de soluções dedicadas às instituições de ensino, Alberto Borges explica que outro tema que será abordado neste momento do evento, focado na inteligência de mercado no negócio de educação, diz respeito ao cuidado com a privacidade dos alunos no ambiente digital.

“A escola que está investindo em material didático do século 21 precisa atender os requisitos de compliance, alguns deles definidos pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A escola estará lidando com dados pessoais sensíveis de crianças e adolescentes e precisa estar atento aos cuidados”, reforça.

TRILHA DA RETOMADA
O segundo dia, 29, contempla o eixo “Soluções”. O painel 1 traz o tema “Trilha da Retomada”, a ser discutido pelo ex-reitor da UFPE e atual diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna, Mozart Neves, e a presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup), Beth Guedes. Este é o momento quando serão discutidos caminhos para a retomada do ensino básico e superior.

“Essa demanda por transformação na educação não é algo transitório e momentâneo, é uma discussão urgente. Como fazer para retomar o ensino atendendo a tantas demandas e tantos públicos diferentes e num ambiente de incerteza? Essa é uma das pautas”, adianta Borges. Mozart Neves e Beth Guedes, que são algumas das maiores referências em educação no país, vão falar também sobre como fazer essa transição digital na educação pública.

O painel seguinte, “Educação, Crise e Transformação”, vai fomentar o debate sobre o que se espera das escolas e universidades e como fazer a transformação dos atores envolvidos no processo de aprendizagem a partir deste momento. À frente das discussões estará a consultora em gestão de pessoas Ana Cantarelli e o head de inovação da startup Stape Music, Dante Freitas.

Embora o público-alvo do meeting sejam empresários de educação, o evento é aberto a todos os envolvidos, pais, professores e alunos. Durante todo o encontro, serão trazidos cases nacionais voltados à educação para contextualizar as discussões. O evento será realizado pela plataforma Zoom e os primeiros inscritos poderão entrar na sala e interagir com os palestrantes. Quem não conseguir poderá acompanhar todo o meeting, durante os dois dias, pelo canal da Lumi Consult no YouTube.

Para participar e saber mais informações, é só acessar a página https://materiais.lumiconsult.com.br/i-meeting-nacional-de-educacao. Os inscritos receberão um e-book gratuito sobre a Lei Geral de Proteção de Dados.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »