Uma das maiores expectativas em torno de um festival no Recife serão cumpridas próxima sexta-feira, 13 de julho, quando o.."> Uma das maiores expectativas em torno de um festival no Recife serão cumpridas próxima sexta-feira, 13 de julho, quando o.."> Festival Só Track Boa estreia no Recife com o anfitrião DJ Vintage Culture - Algomais
Festival Só Track Boa estreia no Recife com o anfitrião DJ Vintage Culture

Festival Só Track Boa estreia no Recife com o anfitrião DJ Vintage Culture

Publicado em 11/07/2018 por Revista algomais às 9:30
Foto: Divulgação

Uma das maiores expectativas em torno de um festival no Recife serão cumpridas próxima sexta-feira, 13 de julho, quando o Só Track Boa Festival chega pela primeira vez à capital pernambucana. O maior selo eletrônico da atualidade no País acontecerá no Terminal Marítimo de Passageiros, no Bairro do Recife, e terá como anfitrião o DJ Vintage Culture. Ele fará dupla apresentação: inicialmente um set com 2h30 de duração e, depois, uma volta no final para apresentação em trio com o duo Chemical Surf.

Ainda no line-up estarão os DJ’s Dunno, Glen e RDT. Além da música, efeitos com fogos, painéis de led, canhões de laser e C02 formam o clima de festival. O time de DJ’s vai segurar 11 horas de batidas, começando às 22h. Os ingressos custam R$ 100 (útimo lote) à venda no site Ingresso e nas lojas Chilli Beans e Vitabrasilnet.

Só Track Boa

A saída de festivais internacionais, como Tomorrowland e EDC, do calendário nacional e, principalmente, o crescimento meteórico da cena eletrônica nacional, batizada de brazilian bass, foram fatores deram ao Só Track Boa a oportunidade de firmar-se como o maior festival eletrônico nacional na atualidade. O Só Track Boa Festival é criação da agência Entourage, a mesma que produz o DJ Vintage Culture, e considerado na cena como ‘a Tomorrowland ‘made in brazil’. Suas edições ocorrem em locais como o Estádio do Mineirão (MG), Arena da Amazônia (AM) e Estádio do Canindé, em São Paulo. Não é por acaso que o Festival Só Track Boa chega a Recife apostando em formato open air, no melhor estilo dos ocorridos em estádios pelo País. Pernambuco tem um dos mercados mais fortes da carreira do DJ Vintage Culture.

Vintage Culture

Vintage Culture foi um dos primeiros DJs, lá em 2013, a apostar numa guinada de estilo da e-music no mercado brasileiro. Se antes a vertente EDM dominada as pistas do País, veio então o desejo de ouvir algo mais conceitual, uma aposta no low bpm e no house com muito groove e batidas pensadas para pista. Aos 25 anos, ele está no auge do sucesso e lista dos maiores DJ’s do mundo pela revista inglesa DJ Mag, a bíblia da e-music, Vintage Culture encontra-se atualmente na 31a posição. Já no ranking da nacional House Mag, ele conquistou o primeiro lugar este ano. Junto com o DJ Alok, é dono do cachê mais bem pago da cena nacional.

Chemical Surf 

Os irmãos Lucas e Hugo Sanches colecionam passagens por países europeus como Alemanha e França, incluindo apresentação no palco da Well Done, um dos maiores festivais de Berlim. No Brasil já colecionam passagens pelo Lolapalooza e pelo Rock in Rio. Internacionalmente eles tem contrato com a gravadora Armada, da lenda holandesa Armin Van Buuren. Como bons produtores, tem hits próprios: “Don’t be jealous”, e “Walking Back” que atingiu o top10 do Beatport, maior streaming especializado em e-music do mundo. Nas pistas brasileiras, a parceria com o DJ Vintage Culture para um remix da música Feeling Good, de Nina Simone, deu ao Chemical Surf a chance de serem alçados à elite da e-music nacional.

Line-up
22h – DJ Dunno
23h30 – DJ Glen
01h30 – RDT
03h00 – Vintage Culture
05h30 – Chemical Surf
7h00 – Vintage Culture & Chemical Surf juntos

Serviço

Só Track Boa Recife
com: Vintage Culture, Chemical Surf e convidados
Quando: Sexta-feira, 13 de julho de 2018
Hora: 22h
Onde: Área externa do Terminal Maritimo (Praça da Comunidade Luso Brasileira, 70 – Bairro do Recife)
Quanto: R$ 100 (ingresso único)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »