Recife ganha novo espaço cultural na quinta-feira

Recife ganha novo espaço cultural na quinta-feira

Publicado em 14/05/2019 por Claudia Santos às 10:43
Eduardo Henriques, Ronaldo, Samuca e Tarsila Myrtle comandam a Casa do Derby. Foto: Divulgação/Társio Alves

Recife ganha neste mês a Casa do Derby, um conjunto criativo onde as artes plásticas e as artes gráficas são as protagonistas. Casa dos anos 1930, na Praça do Derby, com térreo e primeiro andar, abriga o espaço. Em um só local convivem uma galeria de arte, a Galeria Quadrado; uma escola de pintura e desenho, a Qubo Escola; e um espaço para venda de obras originais, objetos de design e materiais de desenho artístico, a Qubo Loja. Há, ainda, o Café Cartum, um espaço para bate-papos e eventos. A inauguração da Casa do Derby acontece no dia 16 de maio, às 19 horas, com a exposição I Quadrado Internacional de Gravura, em homenagem ao mestre Hélio Soares, um dos nomes mais emblemáticos da litografia do Brasil.

O espaço fica numa casa dos anos 1930, na Praça do Derby. Em um só local convivem uma galeria de arte, uma escola de pintura e desenho, um espaço para venda de obras originais, objetos de design e materiais de desenho artístico, e o Café Cartum.

“A ideia da Casa do Derby surgiu da convergência de vários impulsos, reunindo vocações e interesses que se complementam”, explica um dos idealizadores, Eduardo Henriques, que identificou a oportunidade de mobilizar o espaço para o segmento artístico e cultural. Completam o time inicial mais quatro cabeças conhecidas no meio das artes plásticas no Recife: a historiadora Tarsila Myrtle, os cartunistas Ronaldo e Samuca e o marchand Roberto Nóbrega, conhecido galerista no circuito nacional.

Mas nem só de artes plásticas, seu conceito original, a Casa do Derby quer viver. A ideia é também agregar outras formas de expressão artística. “A Casa do Derby é um projeto em permanente construção, um conceito aberto às influências que possa receber, de todos que venham a frequentá-la, com suas ideias e procuras. Nessa linha, a galeria pode se transformar em sala de música e encontros literários, assim como o terraço estará aberto para um bate-papo, experimentar e degustar sabores”, explica Samuca.

A Galeria Quadrado

O principal espaço da Casa do Derby é a Galeria Quadrado. Instalada no 1º andar, ocupa um salão quadrado de 100m2, aberto para exposições de artes plásticas, artes gráficas e fotografias de artistas pernambucanos, de outros Estados e estrangeiros.

A exposição inaugural é o I Quadrado Internacional de Gravura que se junta ao Coletivo Ita-Quatiara e oferece uma exposição coletiva com uma seleção de artistas nacionais e mexicanos, incursionando pelas várias técnicas da gravura, especialmente a litografia (processo que consiste em imprimir sobre papel, com uma prensa, texto ou desenho feito com tinta sobre uma superfície calcária ou uma placa metálica, geralmente de zinco ou alumínio).

O I Quadrado Internacional de Gravura será uma homenagem ao mestre Hélio Soares, uma referência e um dos nomes mais emblemáticos da litografia do Brasil. E a ideia é que o Quadrado aconteça todos os anos.

A curadoria da exposição é de Rennat Said, diretor e também um dos fundadores do Coletivo Ita-Quatiara, juntamente com José Rodrigues, funcionário da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), lotado na Pró-Reitoria de Extensão.

Mestre Helio Soares é fundador da Oficina Guaianases de Gravura e, hoje, um dos nomes também à frente do Coletivo Ita-Quatiara, que funciona do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (CAC-UFPE). Em plena atividade e vigor artístico, ele acumula 55 anos dedicados exclusivamente à arte da litogravura. Por ele já foram impressas obras de grandes artistas de Pernambuco, como João Câmara e Aloísio Magalhães.

“Para representar a excelência da gravura pernambucana de Gilvan Samico, da Geração Guaianases como também de nossos mestres gravadores populares a exemplo de J.Borges, Dila, Costa Leite e Marcelo Soares, escolhemos homenagear a lendária figura do impressor litógrafo e artista Hélio Soares dos Santos”, ressalta Tarsila Myrtle, uma das empreendedoras da Casa do Derby.

Também integrando a exposição a Nova Grafika Mexicana, a partir de uma seleção de premiados artistas contemporâneos da Cidade do México (Eduardo Robledo, Jorge Noguez, Maria Luiza Estrada e Kalako), de Oaxaca (Eric Pov e José Martinez), de Guanajuato (Jainite Silvestre e El Pinche Grabador) e de Zacatecas (Alberto Ordaz). Em suas obras, estão presentes desde simbologias que tratam da morte, inspiradas nas gravuras de José Guadalupe Posadas e nas culturas de povos pré-hispânicos, a questões que remetem à cosmovisão dualista da Mesoamérica e de elementos contemporâneos.

“Não é fácil definir a gráfica mexicana com palavras, por isso fomos buscar gravadores de norte a sul daquele país, para exemplificar esse discurso gráfico extremamente atual, fantástico e inspirador”, explica Rennat Said.

A Qubo Loja

Na Qubo Loja pode-se encontrar objetos utilitários e itens para presentes, derivados da produção de artistas e exposições e mostras da Casa do Derby, como camisas, pequenos quadros, reproduções, entre outras peças de design. Também deverá vender alguns materiais para artistas, como papéis e tintas especiais.

A Qubo Escola

O foco da Qubo Escola é fomentar o desenvolvimento da arte, com cursos de aquarela, quadrinhos, desenho de humor, cartum, caricaturas, perspectiva, cortes e modelagem, para um público a partir de 8 anos. Será uma escola de artes gráficas.

Café Cartum

Na área externa, com vista para o jardim, o Café Cartum é o lugar para ler, bater papo, ver uma exibição, uma performance, degustar e se divertir, tomando uma cerveja artesanal ou um café. Deve, também, dialogar com outras áreas artísticas, abrigando eventos como o lançamento de livros e apresentações musicais. Tem tudo para se tornar um ponto de encontro na cidade, já que o Derby fica em uma área central do Recife, com fácil acesso de carro, ônibus, bicicleta.

Serviço:

Casa do Derby
Praça do Derby, 109, Derby, Recife-PE

Inauguração
Dia 16 de maio de 2019, às 19 horas, com o I Quadrado Internacional de Gravura, uma exposição coletiva com artistas locais e do México, em homenagem ao Mestre Hélio Soares.

Horário de funcionamento da Casa do Derby

Galeria Quadrado + Cartum Café + Qubo Loja
Segunda a sábado
Das 14 horas às 20 horas
*Horário sujeito a ampliação de acordo com a agenda

Qubo Escola
Segunda a sábado
Das 9 horas às 12 horas
*Horário sujeito a ampliação de acordo com a agenda

Domingo: Fechado.

Entrada gratuita.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »