À Emporter traz um menu com releituras da cozinha da França

À Emporter traz um menu com releituras da cozinha da França

Publicado em 17/05/2019 por Revista algomais às 5:00
Comida francesa com toque de oxente no Recife

Um refúgio em meio ao caos da agitação do Recife. É assim que se define o À Emporter, que há quase dois anos funciona na área externa de um casarão localizado no coração – e na calmaria – do Poço da Panela, onde mora a proprietária Olívia Hofmann. O exuberante jardim chama a atenção dos frequentadores da casa, que tem inspiração na cozinha e na cultura francesa. É um excelente lugar para aqueles que desejam ter uma boa conversa acompanhada de um vinho.

Ao chegar na casa, logo de cara o cliente se depara com um quadro negro com a seguinte escrita: “toque o sino”. A simpática Olívia é quem recepciona. Após subir um pequeno e estreito lance de escadas, o charmoso jardim, repleto das mais variadas espécies, logo chama a atenção. “O verde predomina em nosso espaço. Sou eu mesma que cuido das plantas, que tornam a ambientação mais gostosa”, afirmou Olívia, orgulhosa.

A proprietária é amante de tudo o que se relaciona à França. Da comida aos mínimos detalhes. O som ambiente, por exemplo, só toca músicas francesas, como a cantora Zaz, sua favorita. “A inspiração é na cozinha, na decoração, na música e em todos os detalhes que remetem ao país”, disse Olívia, indicando que tudo é feito com muito carinho. “A gente se esforça ao máximo. Eu costumo dizer que é comida francesa com um toque de oxente”.

À Emporter, em francês, significa “para levar”. A proposta inicial se aproximava de uma cafeteria, onde as pessoas passavam apenas para tomar um rápido café e comprar as comidas congeladas. “Foi a nossa primeira ideia, mas muitos clientes descongelaram de maneira errada e as comidas não ficavam boas. A partir daí adotamos outra postura”, revelou. Ainda existem algumas opções para a viagem, que, segundo a proprietária, são muito práticas de fazer. “Continuamos vendendo croissants, quiches e folhados. Nós damos as devidas instruções de como são feitos. Não tem erro”. O valor dessas comidinhas “à emporter” varia de R$13 a R$16.

Um dos destaques da casa é o cachorro quente. “Uma receita de família que é muito adorada pelos nossos clientes. Talvez seja o nosso carro-chefe”, comentou. O chamado Chien Chaud é uma deliciosa releitura do popular hot dog: com pão baguete crocante e acompanhado de mostarda. Custa R$ 16,50. Entre as sobremesas, a que está fazendo um sucesso é o Juju Brulée (R$ 16), uma homenagem a uma sobrinha. “Ela mora nos Estados Unidos e sempre que vem para cá me pede para fazer. Criou até uma ciumeira na família”, conta Olívia.

Há também duas opções veganas: o Ceviche Vegano (R$ 22) e o Risotto de Quinoa com Mix de Cogumelos Frescos (R$ 25). Segundo a proprietária, ambos estão fazendo o maior sucesso. “Eu estudei bastante para poder criar os pratos. A minha filha foi quem me convenceu a acrescentá-los ao cardápio”.

VINHO E FONDUE
Apesar do extenso menu, a casa não é indicada para grandes refeições. “Não somos uma cafeteria e fugimos do conceito de um bistrô”, revela Olívia. Segundo ela, existem dois tipos de frequentadores do local. “O meu cliente em potencial vem para tomar um bom vinho, comer um queijo diferenciado ou um fondue. Por outro lado, também temos aqueles que vêm passar a tarde, lendo um livro, se sentindo em casa”.

O amplo e bem cuidado jardim desperta o interesse de muitos clientes, que vez ou outra pedem para comprar uma planta. Olívia, então, acaba doando uma muda. “Tenho muitas espécies. Eu costumo preparar alguns jarrinhos para doar”, confessa. .

Serviço:
À Emporter – Rua Antônio Vitrúvio, 50, Poço da Panela, Recife. Horários: De terça-feira a sábado, das 16h às 22h. Telefone: (81) 98211-8222.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »