Paulo Câmara fala em criar “Pacto pelo emprego”

Paulo Câmara fala em criar “Pacto pelo emprego”

Publicado em 09/01/2019 por Revista algomais às 18:02

Criar o “Pacto pelo emprego” é um dos desafios declarados pelo governador Paulo Câmara para seu segundo mandato. “Nós estamos determinados a devolver aos pernambucanos os empregos que essa crise tirou”, afirmou hoje em entrevista para a Rádio Folha.

Para atingir esse objetivo de mudar o cenário de desemprego do Estado, Paulo Camara afirmou que tem a missão de fazer com que Pernambuco continue sendo visto como um local confiável para investidores. “Vamos continuar a atrair empresas privadas e indústrias, e vamos ver condições para os empreendimentos aqui instalados se ampliarem e ampliarem seus produtos e serviços, criando um ambiente de negócios que seja satisfatório”. Ele sinalizou que destravar as obras de infraestrutura em Pernambuco é um dos caminhos para garantir a geração de mais postos de trabalho.

“A geração de empregos através de obras públicas também vai ter um olhar muito especial do governo e vamos buscar junto ao governo federal que os investimentos continuem a vir para Pernambuco e que venham com mais abundância e com mais regularidade. Nós temos que concluir obras de água, como as adutoras, o Ramal do Agreste, que possam fazer a diferença na melhoria da qualidade de vida do povo de Pernambuco.”

(Com informações do Blog do Governo de PE)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »
  • Ricardo C Montenegro

    Parabéns, pela matéria, mas apenas pra ficar mais definida a linha do tempo: Sebrae e Senai estão em Caruaru há mais de vinte anos, a partir do ano 2001 a cidade viveu um boom de cursos superiores, o Armazém da Criatividade foi instalado há mais de cinco anos, além do mais o país de Caruaru sempre recebeu “estrangeiros”, como dizia um grande empresário da cidade Dr. Galvão, da Livraria Estudantil “Caruaru é uma terra de forasteiros” no sentido que Caruaru sempre acolheu quem vinha empreender por aqui.