Pernambuco ultrapassa a marca de mil leitos para tratamento de Covid-19

Pernambuco ultrapassa a marca de mil leitos para tratamento de Covid-19

Publicado em 28/04/2020 por Revista algomais às 18:15

Em apenas 40 dias, o esforço conjunto da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado na abertura de novos leitos chegaram ao número de 1.132 vagas exclusivas para o tratamento da covid-19, das quais 455 são de UTI. Em 18 de março, o prefeito Geraldo Julio e o governador Paulo Câmara estabeleceram a meta e hoje ela foi atingida com a participação efetiva da Prefeitura do Recife que já colocou em funcionamento 382 leitos, sendo 91 de UTI. Todos esses leitos foram criados especificamente para a covid-19, após a decretação da pandemia. O trabalho continua e a Prefeitura do Recife tem a meta de ultrapassar, apenas em leitos criados pelo município, mil vagas nos sete hospitais de campanha previstos.

O prefeito Geraldo Julio destacou a importância da criação dos leitos, mas reforçou a importância da manutenção e ampliação do isolamento social para que mais vidas sejam salvas. “O sistema de saúde está muito pressionado. Em várias partes do mundo, houve colapso na hora do pico da pandemia de covid-19. A Prefeitura do Recife e o Governo de Pernambuco estão fazendo um grande esforço para criar novos leitos. Mas o esforço precisa ser coletivo. Precisamos manter e ampliar o isolamento social nas próximas semanas para salvar mais vidas. Sem o isolamento, só no Recife, já teríamos mais de duas mil mortes”, disse o prefeito Geraldo Julio.

“Uma coisa muito importante é que essas mortes não devem ser relativizadas. Não estamos falando de números. Estamos falando de pessoas, de famílias, que estão tendo perdas definitivas. Sem o isolamento, só no Recife, já teríamos mais de duas mil pessoas vítimas da covid-19. Por isso, é preciso ampliar o isolamento e com isso salvar mais vidas, enquanto o esforço de criação de leitos vai continuar nessa parceria do Governo de Pernambuco com a Prefeitura do Recife e todas as outras prefeituras”, complementou o prefeito.

Desde o início da pandemia a Prefeitura do Recife iniciou imediatamente a construção de sete hospitais de campanha, dos quais seis já ficaram prontos, com uma capacidade total, até o momento 947 leitos. Lembrando que a abertura desses leitos é gradual até a capacidade total de cada equipamento de saúde.

Lembrando a meta divulgada pelos dois gestores no último dia 18 de março, quando o estado inteiro registrava somente 22 casos, o governador Paulo Câmara reforçou que o trabalho tem que continuar. “Para muitos, a meta de mil leitos e o inicio do isolamento social pareciam exagerados. Quarenta dias depois, ultrapassamos a meta dos mil novos leitos criados e a realidade que se impõe a todos nós é que precisamos avançar ainda mais”, disse.

Plano Municipal – O Plano Municipal de Contingência Covid-19, criado pela Prefeitura do Recife para enfrentamento da pandemia, prevê entre as suas mais de 180 ações, um total de sete hospitais de campanha municipais, com mais de mil leitos para pacientes infectados pelo novo coronavírus, sendo mais de 300 leitos de UTI com respirador e mais de 700 de enfermaria.

Atualmente, seis deles estão em funcionamento: o Hospital Provisório Recife 1, na Rua da Aurora; o Hospital Provisório Recife 2, nos Coelhos; além dos hospitais de campanha nas áreas externas das Policlínicas Amaury Coutinho, na Campina do Barreto; Barros Lima, em Casa Amarela; Arnaldo Marques, no Ibura; e no Hospital da Mulher, que também disponibiliza leitos de enfermaria e de UTI na sua estrtura para pacientes do covid-19.

(Da Prefeitura do Recife)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »