Fim de semana com intensa programação cultural gratuita na capital pernambucana

Fim de semana com intensa programação cultural gratuita na capital pernambucana

Publicado em 24/08/2018 por Revista algomais às 11:25
Festival Recifense de Literatura - A Letra e a Voz, Recife Antigo de Coração, oficinas no Museu da Cidade, show e encerramento da exposição de Devotos no MAMAM, Hora do Frevo no Paço e sarau de Sônia Bierbard no Teatro de Santa Isabel são as opções da programação gratuita oferecida pela Prefeitura do Recife. l Foto 1: Eric Gomes - A arte é um manifesto – 30 anos de Devotos l Foto 2: Andréa Rêgo Barros/ArquivoPCR - Teatro de Santa Isabel l Foto 3: Wesley D´Almeida/PCR - Festival A Letra e a Voz - Miró

O fim de semana será de verso e prosa no Recife. De amanhã (24) até o próximo domingo (26), o Recife Antigo recebe a 16ª edição do Festival Recifense de Literatura – A Letra e a Voz, que toma conta da Avenida Rio Branco, celebrando a poesia urbana e urgente de Miró, com o tema a Cidade do Poeta e o Poeta da Cidade, com atividades gratuitas e abertas ao público. Na programação preparada pela Prefeitura do Recife para o fim de semana, tem ainda sarau aberto ao público no Teatro de Santa Isabel, Recife Antigo de Coração e Olha! Recife, exposições gratuitas nos museus da cidade e aventuras e atividades ecológicas para todas as idades no Econúcleo Jaqueira e no Jardim Botânico.

Quem tem pressa para ser feliz neste fim de semana pode aproveitar o intervalo do almoço desta sexta-feira (24) para conferir a apresentação gratuita de Amaro Freitas e Henrique Albino, dois craques da nova safra da música pernambucana, no Paço do Frevo, ao meio-dia. O show faz parte da programação do projeto A Hora do Frevo, mantida pelo Paço para diversificar a identidade do frevo no imaginário sonoro coletivo.

Mais tarde, a partir das 17h, o Festival Recifense de Literatura – A Letra e a Voz, realização da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, estreia sua programação deste ano com um bate papo com o escritor, contista e romancista cearense, vencedor do Prêmio Jabuti 2012, Sidney Rocha e com o homenageado do Festival, o poeta e cronista das ruas Miró. A partir das 19h, haverá uma roda de conversa com os autores da Coletânea Denis Bernardes de Ensaios, mediado pelo jornalista e romancista, membro da Academia Pernambucana de Letras, Cícero Belmar e por Jorge Siqueira, professor de história. A programação encerra com o lançamento do livro, publicado pela Prefeitura do Recife, a partir de um edital lançado no Festival passado.

No sábado (25), a programação começa mais cedo, a partir das 14h, com as oficinas ministradas por Clarice Freire, Fred Caju, Marcelino Freire e João Lin. Às 18h, E segue às 18h, com palestras de Antônio Paulo Rezende, Robson Teles, Antônio Marinho, com temas norteados pelo mote: É do sonho dos homens que uma cidade se inventa. Mais tarde, a partir das 20h, Clécio Rimas, Dayane Rocha, Edmilson Ferreira, Elenilda Amaral e Paulo Matricó protagonizam Mesa de Glosas sobre o poema Cão sem Plumas.

No domingo o festival vira festa. A partir das 10h, a Festa do Livro levará para a Rio Branco um desfile de editoras, sebos, mediadores de leitura, recitais, atividades lúdico-literárias, lançamentos de livros e bibliotecas comunitárias. Haverá também troca afetiva de livros em bom estado de conservação. A programação encerra com a música, a letra e a voz de Bell Puã, Clécio Rimas e Amaro Freitas.

Outro bom motivo para visitar o bairro histórico neste domingo é o Recife Antigo de Coração, projeto da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, que leva práticas esportivas, serviços, música e brincadeiras a céu aberto para o entorno do Marco Zero. Nesta edição, que abraça o Festival A Letra e a Voz, o palco montado no Marco Zero receberá as atrações inclusivas do Projeto Encontro e do Frevo com Caio Rocha, além de Afoxé Omolu Pakaru Alu, Adriana B, Kallinas, Dançando na Rua, Caboclinho Flecha Dourada, Orquestra 100% Mulher e Maracatu Rural Leão das Cordilheiras. Na Avenida Marquês de Olinda acontece o projeto que promove a inclusão social, oferecendo bikes especiais, acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, na Rio Branco, o polo infantil contará com show de mágica, brincadeiras e até oficina de slime. A programação é toda gratuita, das 9h em diante.

Na Boa Vista, a um pulo dessa animação todinha, o fim de semana será de despedida e muito rock no Museu de Arte Modera Aloísio Magalhães (MAMAM). O sábado e domingo serão os últimos dias da exposição A arte é um manifesto – 30 anos de Devotos, que conta a história de uma das bandas mais eloquentes de Pernambuco, nascida do Alto José do Pinho para a posteridade do punk nacional, com backdrops, pôsteres, ingressos, capas de fitas demo e projetos gráficos dos discos e mais de 60 peças assinadas pelo guitarrista da banda, Neilton. No sábado, às 15h30, será lançado o catálogo da exposição. Depois, a partir das 17h, haverá um show gratuito e aberto ao público do Devotos, na Rua da União, com o Som na Rural. O horário do museu no sábado será ampliado, das 13h às 18h. No domingo, derradeiro dia de mostra, o museu funciona normalmente, das 13h às 17h. Informações: 3355-6871.

No sábado, o Teatro de Santa Isabel recebe a partir das 19h, o sarau feminino Palavra de Mulher, em que a atriz Sônia Bierbard dará voz a grandes mulheres da literatura pernambucana, como Clarice Lispector e Maria do Carmo Campello de Melo. A atividade é gratuita e faz parte da programação do Teatrando!, projeto da Prefeitura do Recife, com execução do IDG e recursos do Santander, via Lei Rouanet. Para participar, basta chegar às 18h, para garantir vaga.

No Museu da Cidade, também no sábado, duas oficinas celebrarão o legado de Burle Marx, no sábado: Primeiras Ideias de Um Jardim, de recortes e colagens, das 10h às 12h, para crianças a partir de 12 anos; e Minifloras Afetivas, de reprodução de espécies vegetais a partir de resíduos, das 14h às 16h, para maiores de 16 anos. As duas serão ministradas pelo arte-educador Emerson Pontes, cada uma com 20 vagas. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na hora. Os participantes podem aproveitar pata visitar a exposição Cinco Pontas, que conta a história da fortificação recifense. Mais informações pelo telefone 3355-9540.

No sábado e no domingo, o projeto Olha! Recife, da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, oferece roteiros turísticos para todos os gostos e idades pelas belezas e histórias do Recife. No sábado, a partir das 14h, o passeio de ônibus contemplará os baobás centenários que revelam raízes da história do nosso povo. No domingo, o cemitério de Santo Amaro será o destino do passeio a pé, a partir das 9h. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site www.olharecife.com.br, a partir das 9h desta sexta-feira (24).

Para quem está em busca de uma programação, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente promete um fim de semana fértil, com oficinas de cultivo de plantas e de produção de adubo orgânico no Jardim Botânico (JBR) e no Econúcleo Jaqueira.

No sábado, os destaques são a oficina de compostagem com trilha ambiental, a partir das 9h, no Econúcleo do Parque da Jaqueira, na Zona Norte da cidade. Já no domingo, os amantes de plantas terão a oportunidade de participar de um bate-papo especial sobre espécies de maracujá e seu potencial paisagístico no Jardim Botânico, às 10h30. As atividades são de graça.

Além das oficinas, a programação segue ao longo do final de semana com diversas atividades, como: histórias cantaroladas, caminhada ecológica; gincana ambiental; oficina de prosa, poesia e papelão. O Econúcleo do Parque Jaqueira funciona de quinta a domingo, das 9h às 17h, já o Jardim Botânico do Recife abre de terça a domingo, das 9h às 15h30. O acesso é gratuito.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »