Maio Amarelo com ações de Educação de Trânsito para estudantes do Cabo

Maio Amarelo com ações de Educação de Trânsito para estudantes do Cabo

Publicado em 17/05/2018 por Revista algomais às 6:55
Divulgação

No mês dedicado à conscientização sobre segurança viária, com a campanha Maio Amarelo, as crianças também são convocadas a serem aliadas para um trânsito mais seguro e respeitoso. Para isso, a Concessionária Rota do Atlântico – responsável pela gestão da via expressa de acesso a Suape e Litoral Sul do Estado – irá promover uma aula especial sobre o tema, nesta quinta-feira (17), às 9h, na Escola Municipal Celma Barros, no Cabo de Santo Agostinho. De forma lúdica, temas como uso de cinto de segurança, travessia segura e riscos do uso de celular ao volante serão abordados por meio de dinâmicas de grupo, jogos e distribuição de cartilhas. Cerca de 150 crianças, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental I, participarão das atividades.

A abordagem trabalhará o desenvolvimento moral sobre o tema, orientando os participantes a distinguirem o que é certo e o que é errado no trânsito. “Nem é preciso o apelo sobre as multas, como é necessário nas ações voltadas para adultos”, explica o gestor de Sustentabilidade da Rota do Atlântico, Ítalo Alencar. “Além do formar o condutor do futuro, consideramos que as ações de educação de trânsito para crianças geram também efeitos imediatos, uma vez que esses estudantes são eficientes multiplicadores de conhecimento e atentos fiscalizadores dos adultos ao volante”, completa Alencar.

A programação do Maio Amarelo da Rota do Atlântico inclui ainda palestras sobre Direção Defensiva para funcionários das empresas de Suape e blitz Educativa do Programa Cidadania na Pìsta, que será realizado no próximo dia 28, na PE-009, em parceria com o Detran-PE e com o Batalhão de Policia Rodoviária (BPRv).

Celma Barros – Localizada no bairro da Charnequinha, a Escola Celma Barros é uma das instituições atendidas pelo projeto Renovando Nossa Escola, realizado pela Rota do Atlântico, que investiu na requalificação física da instituição de ensino, com uma metodologia participativa onde a comunidade elaborou o diagnóstico e definiu as prioridades.

Rota do Atlântico – Com investimentos em qualidade da via e ações de conscientização para um trânsito seguro, a concessionária conseguiu reduzir em 80% o número de acidentes do Complexo Viário de Suape, no comparativo entre o primeiro ano de operação, em 2014, e balanço mais recente, referente ao ano de 2017.

De acordo com os últimos dados da pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT). a Rota do Atlântico foi a mais bem avaliada de Pernambuco e também de todo Norte-Nordeste, com conceito ótimo em todos os quatro quesitos: condições gerais, pavimento, sinalização e geometria da via.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »