Pernambuco registra 48 novos óbitos e mais 1.180 casos de Covid-19

Pernambuco registra 48 novos óbitos e mais 1.180 casos de Covid-19

Publicado em 18/06/2020 por Revista algomais às 12:25

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (18.06), 1.180 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 152 (13%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 1.028 (87%) como leves. Agora, Pernambuco totaliza 48.626 casos já confirmados, sendo 17.718 graves e 30.908 leves. Além disso, o boletim registra 31.703 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 7.785 são de casos graves e 23.918 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 172 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 48 óbitos (sendo 27 do sexo masculino e 21 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Águas Belas (3), Amaraji (1), Belo Jardim (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Carnaíba (1), Carpina (2), Chã Grande (1), Gameleira (2), Garanhuns (1), Ipojuca (1), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (11), Limoeiro (1), Nazaré da Mata (1), Olinda (1), Paulista (1), Petrolina (2), Recife (12), Rio Formoso (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Joaquim do Monte (1), além de 1 morte de pessoa de outro Estado. Com isso, o Estado totaliza 4.057 mortes pela doença.

Os óbitos aconteceram entre os dias 25 de abril e 17 de junho e os pacientes tinham idades entre 20 e 96 anos. Dos 48 pacientes que vieram a óbito, 37 apresentavam comorbidades confirmadas: diabetes (20), doença cardiovascular (13), hipertensão (10), doença renal (5), tabagismo/histórico de tabagismo (5), doença respiratória (3), doença neurológica (3), obesidade (3), câncer (2), doença hematológica (1), doença hepática (1), Parkinson (1), AVC (1), doença vascular (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Seis não possuíam doenças pré-existentes e os demais estão em investigação pelos municípios.

As faixas etárias são: 20 a 29 (2), 30 a 39 (2), 40 a 49 (2), 50 a 59 (5), 60 a 69 (12), 70 a 79 (13), 80 ou mais (12).

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 14.239 casos foram confirmados e 16.135 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

(Da Secretaria Estadual de Saúde)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »