Consumo de vegetais diminui riscos de câncer de cabeça e pescoço

Consumo de vegetais diminui riscos de câncer de cabeça e pescoço

Publicado em 26/08/2019 por Revista algomais às 9:16
Pesquisa realizada pelo Centro de Câncer do Hospital AC Camargo, em São Paulo, foi publicada no Brasil e nos EUA. (Foto: Felipe Ribeiro)

Tumores de cabeça e pescoço são o nono tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Uma das aliadas para a prevenção é a alimentação, como já era divulgado há bastante tempo pelos órgãos e profissionais de saúde. Mas um estudo realizado em Goiânia, São Paulo e Vitória, pelo Centro de Câncer do Hospital AC Camargo, em São Paulo, relacionou o hábito de consumir alimentos minimamente processados e o risco de tumores de boca, laringe, orofaringe e hipofaringe, conseguindo, inclusive, especificar que vegetais são melhores para certas áreas.

Segundo os pesquisadores, tomates e frutas cítricas ajudam na prevenção de câncer de boca. Já a maçã e a pera, protegem a boca e laringe. Couve, brócolis e repolho são bons para laringe e faringe; e cenoura, frutas cítricas e banana contribuem para evitar câncer na faringe. De acordo com o Dr. Cleydson Oliveira, cirurgião de cabeça e pescoço e otorrinolaringologista, que atende no Hospital Agamenon Magalhães e no IRO (Instituto Rezende Oliveira), ambos no Recife, os vegetais e frutas estudados são compostos de elementos protetores, como o licopeno, por exemplo: “A prática já demonstrava e a pesquisa confirmou que quanto maior o consumo desses alimentos minimamente processados, menor será o risco de câncer na boca. Quem consome estes alimentos, pelo menos 3 vezes por semana, reduz significativamente a chance de câncer de cabeça e pescoço.” – explica. “Mas é preciso lembrar que fatores de risco como cigarro e álcool são os grandes vilões em se tratando de câncer de cabeça e pescoço. Evitar esses hábitos é fundamental para manter a saúde de uma forma geral” – reforça o especialista.

NÚMEROS – A pesquisa, foi publicada no Brasil e por revista do ministério da saúde dos Estados Unidos, dá conta de que quem consumiu tomate todos os dias, diminuiu a chance de câncer de cavidade oral em 72%. Já quem se alimentou diariamente de brócolis, repolho e couve, diminuiu o risco de desenvolver câncer de laringe em 80%. Os que comeram esses três alimentos de uma a duas vezes por semana reduziram a chance de ter câncer hipofaríngeo em 69%. O consumo de cenoura, também de uma a duas vezes por semana, reduziu a probabilidade desse tumor em 86%.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »