Cremepe fiscaliza o alto risco do Hospital da Mulher

Cremepe fiscaliza o alto risco do Hospital da Mulher

Publicado em 30/09/2019 por Revista algomais às 12:14
Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (27), participaram de uma vistoria no Hospital da Mulher do Recife (HMR), o vice-presidente do CREMEPE, Maurício Matos, o segundo secretário Silvio Rodrigues e o médico fiscal Sylvio de Vasconcellos, em razão do não funcionamento das setores de atendimento de alto risco do serviço.

Com leitos de UTI Mulher e UCI Neonatal prontos, o Hospital da Mulher espera a destinação financeira da prefeitura para iniciar o funcionamento dos setores de alto risco. As alas estão equipadas, mas o serviço voltado a mulheres com alguma doença desenvolvida antes ou depois da gestação (condição que exige monitoramento intenso para evitar complicações antes, durante e depois do parto), continua sem funcionar.

A primeira previsão para funcionar foi a partir do dia 16/09/2019 e teve sua inauguração adiada para novembro. Segundo a diretora do HMR, Isabela Coutinho, o investimento de cerca de três milhões de reais não foi destinado a tempo, comprometendo o funcionamento dos 68 novos leitos.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »