Coronavírus: o que muda em Pernambuco nesta semana?

Coronavírus: o que muda em Pernambuco nesta semana?

Publicado em 16/03/2020 por Revista algomais às 14:55

Com o surgimento dos primeiros casos do novo coronavírus (Covid-19) em Pernambuco, o Governo do Estado, a Prefeitura do Recife e diversas instituições estão se mobilizando para reduzir a infecção do vírus. Confira algumas mudanças na rotina da capital pernambucana já a partir desta semana.

PREFEITURA DO RECIFE
Entre as medidas adotadas para contenção da Covid-19 ficou determinado pela PCR a suspensão das aulas na rede municipal de ensino, com a antecipação das férias escolares, a partir da próxima quarta-feira (18). As escolas e faculdades particulares também precisarão interromper as aulas na mesma data. Também ficarão suspensas as férias de todos os profissionais das áreas de: Saúde, Assistência Social, Defesa Civil e Guarda Municipal nos meses de abril e maio.

A Prefeitura do Recife já tinha tomado outras medidas como a proibição de grandes eventos, públicos ou privados na cidade, a partir da próxima segunda-feira (16), a autorização para a contratação de 189 profissionais de saúde. Também houve a recomendação para que instituições públicas e privadas liberem os profissionais com mais de 60 anos para trabalhar de casa.

GOVERNO DO ESTADO

O governador Paulo Câmara determinou, por meio de decreto, no último sábado (14), a suspensão temporária de eventos com público acima de 500 pessoas em Pernambuco, como uma das ações para o enfrentamento emergencial contra o coronavírus. O governador decretou também a proibição da atracação, em Pernambuco, de cruzeiros e outras embarcações de passageiros de grande porte. Também estão suspensas as aulas nas unidades de ensino da Rede Estadual que estão no Recife, seguindo a orientação da autoridade sanitária municipal.

UNIVERSIDADES

As atividades acadêmicas presenciais estão suspensas em todas as unidades da UFRPE no período de 16 a 31 de março. A decisão ontem (15), em reunião que envolveu as instituições integrantes do Consórcio Pernambuco Universitas (UFRPE, UFPE, UPE, Unicap e Univasf) e os institutos federais do Estado (IFPE e IF Sertão-PE).

PREFEITURA DE PAULISTA

A Prefeitura de Paulista determinou a liberação da primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas para a próxima sexta-feira (20) e suspensão das aulas nas escolas municipais a partir desta terça-feira (17), por tempo indeterminado.  A gestão recomenda que as escolas particulares também acompanhem esta decisão de suspender as aulas. Os cursos profissionalizantes, como o Qualifica Jovem e os cursos de informática também serão temporariamente interrompidos. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação não emitirá alvará para eventos na cidade, a exemplo de shows e festas, para evitar aglomeração e possíveis contágios do Covid-19.

PREFEITURA DE CARUARU

Estão proibidos eventos de qualquer natureza com público superior a 100 pessoas. Também serão adiadas as férias de servidores de áreas essenciais ao enfrentamento da pandemia, assim como serão suspensas as aulas regulares da rede pública e particular, inclusive universitária, no município, a partir de terça-feira (17).

.

Confira as 10 ações anunciadas ontem pela Prefeitura do Recife (15):

1 – As escolas da Prefeitura serão fechadas a partir da próxima quarta-feira (18), com a antecipação das férias marcadas para o mês de julho. A merenda escolar será garantida através de kits de alimentação que os pais poderão apanhar na escola uma vez por semana.

2 – As escolas e faculdades particulares devem suspender as aulas a partir da próxima quarta-feira (18).

3 – Liberação de R$ 10 milhões para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual para os profissionais de Saúde.

4 – Suspensão das férias de todos os profissionais de saúde, assistência social, defesa civil e guarda municipal nos meses de abril e maio. Todos os profissionais necessários para a atenção emergencial à população em razão da pandemia poderão ser convocados a trabalhar em regime especial.

5 – Criação de leitos de isolamento provisórios em unidades da rede municipal de saúde e da rede filantrópica.

6 – Criação de um Grupo de Trabalho, formado por 6 secretarias, para enfrentamento das consequências sócio-econômicas das medidas restritivas dos Planos Nacional, Estadual e Municipal de Contingência da COVID 19. Este Grupo de Trabalho está elaborando um Plano de Mitigação focado nos impactos da renda dos trabalhadores informais.

7 – Liberação de R$ 5 milhões de reais para fortalecimento do estoque de cestas básicas da Secretaria de Desenvolvimento Social.

8 – Criação de uma Rede de Solidariedade para os profissionais envolvidos no Plano Municipal de Contingência e para as famílias de baixa renda que serão impactadas pelas medidas restritivas.

9 – Solicitação a ANVISA de suspensão de todos os vôos internacionais a partir do próximo dia 20 de março. Os casos de necessidades de retorno de pernambucanos, depois do dia 20 de março devem ser tratados de forma especial com ANVISA e Secretaria Estadual de Saúde.

10 – Solicitação de R$ 92 milhões ao Governo Federal para custeio do Plano Municipal de Contingência – COVID 19 nos próximos meses.

 

 

 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »