Largo do Mercado da Boa Vista e pátios das igrejas de Santa Cruz e São Gonçalo terão passeios requalificados

Largo do Mercado da Boa Vista e pátios das igrejas de Santa Cruz e São Gonçalo terão passeios requalificados

Publicado em 02/09/2019 por Revista algomais às 16:05

Com o início da segunda etapa do projeto Calçada Legal na rua Gervásio Pires e um investimento de R$ 2.795.492,45, a Prefeitura do Recife garante acessibilidade e levará novos ares a importantes equipamentos turísticos da cidade.

Requalificar as calçadas da cidade, garantindo o respeito aos padrões de acessibilidade, preservação de características históricas e priorizando trânsito não motorizado. Alinhado com esses conceitos, o projeto Calçada Legal segue transformando os passeios públicos do município e entra, na noite desta segunda-feira (02), na segunda etapa da rua Gervásio Pires, no Bairro da Boa Vista. Nesta fase da iniciativa, a Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Urbanização do Recife (URB), requalificará também o largo do Mercado da Boa Vista e os pátios das igrejas de Santa Cruz e São Gonçalo. Será contemplada uma extensão total de 1.730,00m, da Gervásio Pires até a rua de São Gonçalo, incluindo vias do perímetro do Mercado da Boa Vista, totalizando um investimento de R$ 2.795.492,45.

As obras começam com a demolição da calçada antiga da rua Gervásio Pires, que passará a contar com novos passeios feitos com materiais antiderrapantes, pisos táteis e rampas de acessibilidade. No entanto, o grande destaque desta etapa promete mesmo ser o perímetro do Mercado da Boa Vista. Neste trecho, além das calçadas, as próprias vias serão requalificadas, com a utilização de bloco intertravado, pedra mineira e recuperação das calçadas em ladrilho e pedra lioz.

Serão contempladas com os serviços as ruas de Santa Cruz, São Gonçalo, da Alegria, Leão Coroado e Travessa Pedro Albuquerque. Estas três últimas, que compõem o perímetro do Mercado da Boa Vista, passarão a ter as ruas no mesmo nível do passeio e serão consideradas como uma área de velocidade reduzida para tráfego de veículos. O objetivo é promover maior qualidade no tráfego não motorizado e garantir acessibilidade em toda extensão das ruas. Com a mesma intenção, a frente do Mercado ganhará uma travessia elevada, garantindo o acesso seguro ao espaço, que também será contemplado com recuperação de calçada frontal e pátio interno com o uso de pedra mineira, respeitando padrões de acessibilidade.

O pátio da Igreja de Santa Cruz também passará a ter calçada e rua no mesmo nível, ambas executadas em bloco intertravado. Já o pátio da Igreja de São Gonçalo será requalificado em pedra mineira e também ganhará soluções de acessibilidade. A iniciativa inclui ainda o plantio de árvores em todo o percurso.

Ao final da obra, que tem previsão de conclusão para o final do mês de dezembro, serão aproximadamente 2.700m² de acréscimo de calçadas e 1.600m² de rua no mesmo nível do passeio. Este eixo das ruas Gervásio Pires, Santa Cruz e São Gonçalo apresenta uma grande integração entre importantes equipamentos da região e apresenta um grande fluxo de pedestres.

Projeto – O Calçada Legal foi lançado em 2017 pela Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Urbanização do Recife (URB), e está requalificando, atualmente, 17 passeios públicos da cidade. A iniciativa beneficia os principais corredores viários e será executada em todas as Regiões Políticas Administrativas (RPA’s). Estão em andamento os trabalhos nas ruas Barão de Souza Leão (Boa Viagem), Maria Irene (Jordão), Rui Barbosa e Amélia (Graças), João de Barros e do Príncipe (Santo Amaro), Gervásio Pires e Riachuelo (Boa Vista), Arquiteto Luiz Nunes (Imbiribeira), Augusto Calheiros e Santos Araújo (Afogados), Avenida do Forte e Carlos Gomes (Cordeiro), Coelhos (Coelhos) e João Líra e Mário Melo (Santo Amaro). Já foi concluída a Rua Carlos Chagas (Santo Amaro). O objetivo é privilegiar o caminhar, uma vez que mais de 70% da população do Recife usa transporte público ou se locomove a pé para casa, trabalho ou escola/faculdade.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »