Mais ações de sanitização nas principais vias comerciais

Mais ações de sanitização nas principais vias comerciais

Publicado em 18/06/2020 por Revista algomais às 17:56

A Prefeitura do Recife atinge, nesta quinta-feira (18), a marca de 40 mil visitas para sanitização de espaços públicos. Em virtude da reabertura do comércio nesta semana, o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, anunciou, que a gestão municipal vai sanitizar, a partir de sábado (20), as principais ruas de comércio do centro do Recife.

“Com a reabertura do comércio, vamos começar a fazer esta ação em 30 das principais ruas do centro da cidade, pegando grandes avenidas como Conde da Boa Vista e Dantas Barreto, além de ruas com grande circulação de pessoas como Rua Direita, Rua Nova, Rua das Calçadas, Concórdia, Largo de São José, entre outras. Esta ação é para dar mais segurança a quem realmente precisar sair de casa. Mas não devemos abrir mão do uso da máscara, do álcool em gel, da lavagem das mãos e do distanciamento social”, reforçou o gestor e infectologista.

De acordo com Jailson Correia, o Recife foi pioneiro, entre as capitais do Nordeste, a utilizar, em espaços públicos, a técnica de desinfecção química reconhecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como eficaz no enfrentamento ao novo coronavírus. No mês passado, a Secretaria de Saúde do Recife fez a aquisição de novos equipamentos para aumentar a capacidade de sanitização.

Com os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), mais de 130 Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces) e outros profissionais das equipes da Vigilância Ambiental do Recife são responsáveis por desinfectar, diariamente, cerca de 700 locais de grande fluxo de pessoas, como equipamentos de saúde e de assistência social; mais de 350 paradas de ônibus, terminais integrados de passageiros e estações de BRT; a sede da Prefeitura, mercados públicos, agências da Caixa Econômica Federal, locais de distribuição de cestas básicas e outros pontos que possam gerar aglomerações.

Desde o fim de março, foram empregados mais de 337 mil litros da solução desinfetante com ação viricida de alto nível, cujo efeito tem início em até cinco minutos e o efeito residual atua por 24 horas. Como o vírus pode permanecer por algumas horas em superfícies como metal, vidro ou plástico, o processo de desinfecção química pode inativar qualquer agente viral presente nos ambientes que ofereçam riscos à proliferação do novo coronavírus.

A estratégia implementada pela Secretaria de Saúde do Recife faz parte do Plano Municipal de Contingência Covid-19 e agora vai ser estratégica no Plano de Convivência com a doença, sendo um complemento à higienização dos locais, já que não substitui a limpeza regular que é feita rotineiramente em cada um dos espaços visitados.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »