TI de Igarassu e estações de BRT contam com o trabalho de egressos prisionais

TI de Igarassu e estações de BRT contam com o trabalho de egressos prisionais

Publicado em 08/07/2019 por Revista algomais às 13:30
As principais atividades são: a organização das filas, controle à gratuidade destinada a idosos e pessoas com deficiência e evitar a evasão de passageiros nos ônibus. (Foto: Ray Evllyn / SJDH)

Dezessete reeducandos, egressos do sistema prisional, integram a partir desta segunda (08/07), a equipe operacional do Terminal Integrado de Passageiros de Igarassu e das estações de BRT do corredor norte, no trecho de Igarassu – Recife. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) e o Conorte (concessionária do Grande Recife Consórcio de Transporte). O intuito é reduzir a reincidência criminal, além de permitir que os apenados, que cumprem pena no regime aberto, retornem ao mercado de trabalho.

Na primeira semana, os apenados vão atuar na estação de BRT de Cruz de Rebouças e no TI de Igarassu. Eles vão se dividir em dois turnos, das 5h às 11h e das 15h às 21h. As principais atividades são: a organização das filas, controle à gratuidade destinada a idosos e pessoas com deficiência e evitar a evasão de passageiros nos ônibus.

Pelos serviços, os trabalhadores serão remunerados com um salário mínimo. Todos são acompanhados pelo Patronato Penitenciário, órgão ligado à SJDH, responsável por oferecer assistência jurídica e psicosocial aos egressos prisionais. O contratos não são regidos pela CLT, e sim pela Lei de Execuções Penais, o que isenta o empregador e pagar encargos trabalhistas como 13º salário, férias e FGTS.

“É o começo de uma nova vida para essas pessoas, que, apesar de cumprirem pena, buscam um novo sentido longe do crime. Já temos 27 empresas parceiras entre públicas e privadas e atualmente elas empregam 1.011 egressos”, ressalta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

AMPLIAÇÃO – Na última sexta (05), a SJDH e a Prefeitura de Caruaru, no Agreste, renovaram o convênio empregabilidade voltado para os reeducandos. Além de estender o prazo por mais um ano, o aditivo prevê a contratação de mais 50 cumpridores. O incremento vai totalizar 170 egressos trabalhando no município.

Para mais informações, as empresas interessadas em contratar reeducandos podem entrar em contato no (81) 3182-7678.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »